Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bruxelas quer mesmo plano B do Governo de Costa e comissário Moscovici está hoje em Lisboa para pressionar

Pierre Moscovici, comissário europeu dos Assuntos Económicos, está preocupado com Portugal
Gtres
Autor: Redação

Portugal continua com desequilíbrios macroeconómicos excessivos. Este foi o alerta reiterado por Bruxelas, esta terça-feira. Com o objetivo de tentar resolver a situação e evitar que a crise volte a agudizar-se no país, a Comissão Europeia quer mesmo um plano B de novas medidas orçamentais por parte do Governo de Portugal. Para garantir que isso acontece, Pierre Moscovici, comissário europeu dos Assuntos Económicos está hoje em Lisboa para se reunir com o ministro das Finanças e com o primeiro-ministro. 

Esta visita, que surge após Moscovici ter afirmado que o Governo português está a preparar medidas orçamentais adicionais para "quando" forem necessárias, e não "se" forem necessárias, pretende fazer avançar o diálogo entre a Comissão e o Governo relativamente aos próximos passos no processo do Semestre Europeu, tal como escreve a Lusa.

Na agenda do comissário europeu estão duas reuniões: uma com o ministro das Finanças Mário Centeno e outra com o primeiro-ministro António Costa, refere a agência de notícias.

"Vou ser claro: não há absolutamente qualquer mudança na nossa posição e não há absolutamente qualquer mudança na minha posição. A opinião da Comissão foi adotada há três semanas, e foi totalmente apoiada pelo Eurogrupo. Foi muito bem compreendida pelas autoridades portuguesas, com as quais estou em contacto muito estreito, muito construtivo e quase permanente", disse, afirmando-se "absolutamente confiante de que tudo será refletido no orçamento que será adotado nos próximos dias", disse o comissário europeu, na passada terça-feira.