Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

André Jordan promove investimento de 100 milhões de euros no Belas Clube de Campo no Brasil

Autor: Redação

A nova fase do Belas Clube de Campo, que se denomina de Lisbon Green Valley e que terá uma área de 300 hectares, com espaços verdes, apartamentos, “townhouses” e moradias, no total de cerca de 1.400 unidades, será direcionada para o mercado brasileiro. Em causa está um projeto imobiliário cujo investimento total na primeira etapa é de 100 milhões de euros, revelou André Jordan, presidente do Conselho de Administração do grupo com o mesmo nome.

“Há um mercado potencial muito interessante, há uma descoberta de Portugal por parte do Brasil”, disse André Jordan à Lusa, salientando que “a primeira etapa da nova fase tem 300 fogos, que incluem apartamentos, ‘townhouses’ e moradias individuais”.

Segundo o responsável, a construção será realizada “ao longo de três anos”, sendo que “as primeiras unidades estão quase prontas”.

Nesta primeira etapa do Lisbon Green Valley o objetivo passa por “viver no campo dentro de Lisboa”, explicou André Jordan, acrescentando que os brasileiros estão à procura de “propriedades de qualidade” em Portugal e que a classe média alta e alta são o público-alvo para este tipo empreendimento.

Para mostrar e comercializar o projeto no Brasil, o grupo André Jordan tem já uma loja no centro comercial Fashion Mall no Rio de Janeiro, estando previsto haver um espaço também em São Paulo. O grupo André Jordan apresentará o projeto durante o fim de setembro e início de outubro.

André Jordan iniciou a atividade imobiliária no Rio de Janeiro na década de 1950 e conta em Portugal com vários projetos emblemáticos, como a Quinta do Lago e o Vilamoura XXI, além do Belas Clube de Campo.