Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empresa portuguesa ganha concurso para transformar Convento de São Paulo em hotel

Wikimedia commons
Wikimedia commons

O Convento de São Paulo, em Elvas, que é um dos 30 edifícios históricos do Estado – localizados de norte a sul de Portugal – que integra o Programa Revive, apresentado recentemente pelo Governo, vai ser transformado em hotel. A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, confirmou ao idealista/news que o “concurso público já está fechado” e que foi decidida “a seleção de uma empresa de um grupo nacional”.

“O Convento de São Paulo, que ardeu, vai ser transformado num hotel”, disse a governante à margem de uma conferência que se realizou dia 6 de outubro durante o Salão Imobiliário de Portugal (SIL). “Muitas vezes estes edifícios estão fechados, desocupados e são mais atreitos a incêndios”, explicou.

Segundo Ana Mendes Godinho, haverá um concurso público específico para cada um dos restantes 29 imóveis que integram o Programa Revive, para garantir que é dada “atenção especial” a cada um deles, “atendendo à sua natureza, ao seu fim, à sua arquitetura etc.”. “[O objetivo] é garantir que cada concurso é adequado ao imóvel em causa”, acrescentou.

A secretária do Estado do Turismo revelou ainda que vai ser feito um roadshow internacional que visa captar investimento para os projetos. Interesse nos mesmos parece não faltar: “Semanalmente tenho vários grupos internacionais que me pendem informações sobre os projetos. Há muita procura”.

O Programa Revive visa reabilitar património histórico através da sua conversão em projetos turísticos pela mão de investidores privados e arrancou oficialmente dia 28 de setembro. Numa primeira fase vão ser entregues concessões para 12 espaços, que atualmente estão a cargo do Estado, mas o objetivo do Governo é chegar a um total de 30 edifícios históricos espalhados pelas diferentes áreas do país e conseguir um encaixe de 150 milhões de euros.