Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Infinity Tower, a torre de 80 metros e 26 pisos que vai nascer em Lisboa

Edifício (imagem 3D) foi projetado pelo arquiteto Miguel Saraiva. / Expresso
Edifício (imagem 3D) foi projetado pelo arquiteto Miguel Saraiva. / Expresso
Autor: Redação

Será um dos edifícios mais altos de Lisboa, com 80 metros de altura e 26 pisos acima do solo, e terá ao todo 34.200 m2. Falamos da Infinity Tower, uma torre que vai nascer em Lisboa, junto às Twin Towers, em Campolide. Este é o mais recente projeto habitacional de Claude Berda, o magnata francês que está a investir em imobiliário em Portugal: já adquiriu 12 terrenos e edifícios na capital, Algarve e Comporta, para desenvolver projetos que representam um investimento de cerca de 500 milhões de euros.

O lote de terreno onde este arranha-céus será criado foi comprado por 17,7 milhões de euros, numa venda judicial, e a sua construção está orçamentada em 62 milhões de euros. Segundo o Expresso, as obras arrancam no início do próximo ano e os 200 apartamentos previstos no projeto estarão prontos em 2020.

De referir que a Infinity Tower foi desenhada pelo arquiteto Miguel Saraiva. “Mostrei-lhe o terreno e ele sabia exatamente o que podia fazer. A localização é fantástica e espero que venha a marcar a paisagem”, disse Claude Berda. “[Trata-se de] um edifício marcante não só em relação à zona envolvente, mas também à escala de Lisboa”, acrescentou José Cardoso Botelho, diretor-executivo da Vanguard Properties, empresa fundada por Claude Berda.

Os 200 apartamentos que estão previstos no projeto vão das tipologias T1 a T6, sendo que os preços começam nos 2.750 euros por m2 nos pisos inferiores e nos T1, adiantou José Cardoso Botelho.

De acordo com a publicação, a Infinity Tower terá várias áreas comuns, nomeadamente jardins entre determinados pisos, piscinas, ginásio, spa e comércio no rés do chão, tendo cinco pisos abaixo do solo para garagens.