Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Grupo Terrésens investe 30 milhões em casas turísticas no Carvalhal

Casa na aldeia do Carvalhal / Wikimedia commons
Casa na aldeia do Carvalhal / Wikimedia commons
Autor: Redação

A aldeia do Carvalhal, no concelho de Grândola, vai receber um novo projeto turístico. O grupo francês Terrésens vai investir 30 milhões de euros no projeto La Resérve, que prevê a construção de apartamentos e casas de aldeia que poderão custar entre 200.000 e 250.000 euros. O projeto deverá estar concluído em 2020.

“Tem havido um interesse cada vez maior dos franceses em Portugal não só pelo clima mas também pelas características de algumas zonas do país como a Comporta. Surgiu a oportunidade de comprar um terreno e avançámos com este projeto”, disse o representante do grupo, Juliette Jouvel, à Lusa. Durante a cerimónia de lançamento simbólico da primeira pedra do projeto, realizada esta quinta-feira (24 de maio) no Carvalhal, Jouvel adiantou que o grupo já tem 60% de reservas.

O resort La Réserve, assinado pelo gabinete de arquitetura Living Comporta, vai ter capacidade para um total de cerca de 500 pessoas, com piscina, spa, mini-mercado, restaurante e bar, campos de jogos e clube de crianças

De referir ainda que o empreendimento será administrado pela My Second Home e deverá criar cerca de 30 postos de trabalho.