Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Filha de Amorim e Vanguard ganham Comporta em troca de 158 milhões

Autor: Redação

A venda de dois projetos da Herdade da Comporta ao consórcio Amorim Luxury/ Vanguard Properties foi, finalmente, aprovada esta terça-feira, 27 de novembro de 2018, em assembleia-geral de participantes do fundo que gere os ativos imobiliários. Paula Amorim e Claude Berda ofereceram 158 milhões de euros pelos quase 1.000 hectares de terrenos. 

O destino da icónica Herdade – dos ativos Comporta Dunes e Comporta Links, neste caso –, marcado por várias controvérsias e polémicas ao longo de todo o processo , está agora assim decidido. A operação, que se arrastava há meses, foi confirmada na assembleia-geral de participantes, depois de o Tribunal Central de Instrução Criminal e de o Ministério Público (MP) terem dado parecer favorável a esta alienação.

"Hoje é, sem dúvida, um dia muito importante para a Amorim Luxury na sua estratégia de crescimento e posicionamento enquanto marca portuguesa Hoteleira e de Lifestyle da mais elevada qualidade internacional, concretamente através do seu conceito JNcQUOI", sublinhou Paula Amorim, citada pelo Negócios.

A escritura de compra e venda dos ativos que abrangem 916 hectares, agora detidos pelo consórcio Amorim Luxury (de Paula Amorim) e Vanguard Properties (do milionário francês Claude Berda), está agendada para 4 de abril do próximo ano. A Vanguard ficará responsável por 88% dos ativos da Herdade e os restantes 12% pertencem à empresária portuguesa.

Comporta vai receber investimento superior a mil milhões

José Cardoso Botelho, managing director da Vanguard Properties, adiantou ao idealista/news a intenção do consórcio querer “colocar aquela zona num nível muito superior ao que é hoje”. “Atualmente tem enorme fama, mas tem uma infraestrutura fraca”, frisou o responsável, referindo que se trata de um processo que “vai demorar muito tempo”. O projeto deverá prolongar-se durante 10 ou 15 anos, e implicar um investimento superior a mil milhões de euros.

Golfe e padel, um centro de relaxamento e detox, áreas de comércio e restauração, uma igreja e um museu desenhados por um “conceituado arquiteto”. Estes são algumas das promessas que o consórcio Amorim/Vanguard tem pensadas para a Herdade, como o idealista/news já havia noticiado.