Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Terrenos da Lisbon South Bay visitados pelo Embaixador do Qatar e por empresários brasileiros

Baía do Tejo
Baía do Tejo
Autor: Redação

A Baía do Tejo (BT) continua à “caça de investidores” para os seus territórios no distrito de Setúbal, num projeto conhecido como Lisbon South Bay, nome utilizado na promoção internacional. Recentemente, esses mesmos terrenos foram visitados pelo embaixador do Qatar em Portugal e por um grupo de empresários brasileiros.

“Os ativos da BT presentes nos concelhos de Almada, Barreiro e Seixal receberam recentemente duas importantes visitas que valorizam estes territórios e que permitem que as suas mais-valias sejam confirmadas, cheguem aos mais diversos destinos e se registem no radar de potenciais investidores”, refere a empresa em comunicado enviado à Lusa.

Segundo a BT, empresa pública que tem a responsabilidade de requalificar os territórios das antigas áreas industriais da Quimiparque, no Barreiro, da Siderurgia, no Seixal, e da Margueira, em Almada, em conjunto com as autarquias –, o objetivo destas visitas “é dar a conhecer as oportunidades de investimento, bem como as vantagens e as facilidades oferecidas neste território”. 

Em Almada está a avançar o projeto de requalificação da antiga área industrial da Margueira, conhecido como "Cidade da Água": tem prevista uma área de construção de 630 mil metros quadrados (m2) e, além do parque habitacional, está prevista a instalação de um hotel, um museu e de um centro de congressos, ligados entre si por praças e canais, dando origem a um conjunto de espaços públicos únicos.

O projeto, que tem dois quilómetros de frente ribeirinha, contempla também uma marina e um novo terminal fluvial intermodal, estando previsto que seja efetuado de forma faseada, escreve a Lusa.

Já no Barreiro e no Seixal, a BT tem dois parques empresariais, com a espaço do Seixal a ter maior vocação industrial.

A visita, conduzida pela administração da Baía do Tejo, contou com a representação dos municípios envolvidos, com passagens pelos três territórios.

No caso da comitiva brasileira, ficou o convite às entidades da BT e à Invest Lisboa para participarem nas próximas edições das feiras empresariais que se realizam no Estado de São Paulo, no Brasil.

“De ambas as visitas ficou a promessa de que toda a informação recolhida ia ser difundida nos canais próprios e enviada diretamente a vários grupos e a todas as associações empresariais locais de maior expressão”, conclui a empresa.