Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

‘La Réserve’ na Comporta em marcha: moradias de luxo desde 731.000 euros

O grupo francês Terresens é o responsável pelo projeto e conta investir mais de 30 millhões naquela região.

Terresens
Terresens
Autor: Redação

A construção unidade turística de luxo La Réserve, na região da Comporta, está a decorrer a “todo o gás”. Situado a poucos quilómetros das praias do Pego e do Carvalhal, no concelho de Grândola, o projeto promovido pelo grupo francês Terrésens será implantado ao longo de quase 10 hectares, onde serão construídas 24 moradias de luxo, 82 villas e 56 apartamentos. Todas as moradias vão ter piscina e jacuzzi privativos, além de um jardim exclusivo com uma área que pode ir dos 1.000 aos 2.000 metros quadrados (m2), e os preços começam nos 731.000 euros.

Quanto às villas - designadas “casas de aldeia” por terem na sua génese a recriação de uma aldeia típica daquela região próxima da Comporta e situada entre o rio Sado e o Oceano Atlântico – serão construídas 82 unidades com tipologias T3, T4 e T5, algumas com jardins privados que podem ir até aos 500 m2 e outras com piscina na cobertura. As áreas destas habitações variam entre os 91 e os 180 m2 e os preços começam nos 310.000 euros.

A aldeia vai ainda dispor de 56 apartamentos na tipologia T2, mobilados e equipados,  com áreas de 77 m2 cada um , que serão comercializados a partir dos 230.000 euros.

“As preocupações ambientais e de sustentabilidade que estiveram na base do projeto levam a que todo o espaço esteja concebido para as deslocações a pé ou de bicicleta em detrimento do automóvel”, lê-se no comunicado da empresa. No total, a área construída será de 22.058 m2, o que equivale a menos de 25% da extensão da propriedade onde se vai desenvolver.