Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Há em Portugal recém-licenciados a ganhar 50.000 euros por ano (3.571 euros por mês)

Autor: Redação

Portugal é um país de contrastes, pelo menos no que diz respeito ao mercado laboral e à remuneração dos trabalhadores. Num país em que 1,3 milhões de pessoas ganham entre 600 e 900 euros, há profissões onde um recém-licenciado em início de carreira pode auferir cerca de 50.000 euros brutos anuais (3.571 euros por mês). Em causa estão delegados hospitalares, na indústria farmacêutica.

A notícia é avançada pelo Expresso, num artigo que dá a conhecer a lista dos 20 empregos com melhores remunerações para quem acaba de concluir o curso. Para tal, baseou-se em dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) e no último Guia do Mercado Laboral, elaborado anualmente pela consultora de recrutamento Hays.

Segundo a publicação, três em cada quatro empregos criados (75%) em Portugal entre 2013 e 2018 correspondem a salários abaixo dos 900 euros líquidos mensais, um cenário que penaliza sobretudo os jovens recém-licenciados. 

No top cinco das profissões que pagam melhor aos jovens no país seguem-se, por esta ordem, os responsáveis de expansão (grande distribuição), os gestores de produto (marketing farmacêutico), os responsáveis comerciais do imobiliário e os responsáveis comerciais do setor da logística.