Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Covid-19: portugueses que ganham menos têm mais probabilidades de ficarem desempregados

Eurostat
Eurostat
Autor: Redação

A pandemia da Covid-19 colocou um travão ao crescimento económico de vários países, o que levou ao encerramento de muitas empresas. Outras não fecharam mas foram forçadas a colocar muitos trabalhadores em lay-off. Os números pós-pandemia no mundo laboral não são, por isso, animadores. Segundo dados recentes do Eurostat, em Portugal, a “probabilidade de perder o emprego é duas a três vezes maior” para as pessoas que ganham menos. Um cenário que também se verifica em Espanha, Irlanda ou Itália.

Segundo o gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), o risco de perder o emprego é maior para os trabalhadores temporários, para os jovens empregados (que tenham entre 16 e 24 anos) e para os cargos pouco qualificados. O Eurostat adianta ainda que o impacto do novo coronavírus no mercado laboral é maior sobretudo em cinco países: Espanha, Itália, Chipre, Irlanda e Grécia.