Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Desempregados

Últimas notícias sobre "Desempregados" publicadas em idealista.pt/news

Covid-19: portugueses que ganham menos têm mais probabilidades de ficarem desempregados

A pandemia da Covid-19 colocou um travão ao crescimento económico de vários países, o que levou ao encerramento de muitas empresas. Outras não fecharam mas foram forçadas a colocar muitos trabalhadores em lay-off. Os números pós-pandemia no mundo laboral não são, por isso, animadores. Segundo dados recentes do Eurostat, em Portugal, a “probabilidade de perder o emprego é duas a três vezes maior” para as pessoas que ganham menos. Um cenário que também se verifica em Espanha, Irlanda ou Itália.

Notícia sobre:

Evolução do número de desempregados inscritos no IEFP – dispara 36% num ano

No final do mês de setembro de 2020, estavam registados nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas 410.174 indivíduos desempregados, número que representa 74% de um total de 553.928 pedidos de emprego, revelou recentemente o IEFP, acrescentando que o total de desempregados registados no país foi superior ao verificado no mesmo mês de 2019 (+108.892/+36,1%) e face ao mês anterior (+843/+0,2%).

Notícia sobre:

Taxa de desemprego aumenta em julho e agosto à boleia da pandemia

A taxa de desemprego em Portugal aumentou em julho, em plena pandemia da Covid-19, para 7,9%, mais 0,6% que em junho e mais 1,4% que no mesmo mês de 2019, segundo dados divulgados esta quarta-feira (20 de setembro de 2020) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Para agosto, as estimativas apontam para uma subida do desemprego para 8,1%, ou seja, mais 0,2% que em julho e mais 1,7% que no período homólogo.

Notícia sobre:

Novas regras do subsídio de desemprego e salário mínimo nacional ficam para mais tarde

Apesar de o tema do aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN) não constar da agenda da reunião da Concertação Social desta quarta-feira, 2 de setembro de 2020, os líderes da UGT e da CGTP colocaram-no em cima da mesa, sublinhando a necessidade de a remuneração mínima ser reforçada em 2021. Mas a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, considera que este ainda não é o momento para se avaliar e discutir valores. O que ainda também está em preparação são as regras para facilitar acesso ao subsídio de desemprego que, para já, não mudaram.

Notícia sobre:

Imobiliário concentra mais de um terço dos desempregados por causa da pandemia

Em julho, havia 407.302 desempregados inscritos nos centros de emprego, mais 37% que no mesmo mês do ano passado. Face a fevereiro, mês anterior à chegada da pandemia da Covid-19 a Portugal, verificou-se um aumento de 29%, o que significa que 91.740 portugueses perderam o emprego e inscreveram-se nos centros do IEFP nos últimos cinco meses. Deste aumento de quase 92 mil desempregados, mais de um terço (34.872) estavam ligados ao setor das atividades imobiliárias, administrativas e dos serviços de apoio. É neste setor, portanto, que se encontra a maior fatia do total de novos desempregados.

Notícia sobre:

Número de desempregados inscritos dispara 37% num ano

Em julho de 2020, estavam inscritas nos centros de emprego do IEFP 407.302 pessoas, mais 0,2% que no mês anterior e mais 37% que no mesmo mês do ano passado, uma subida homóloga que se pode justificar com a crise desencadeada com a pandemia da Covid-19. Em termos mensais, os números – o referido aumento de 0,2% – apontam para uma estabilização, já que em junho a variação também tinha sido ligeira: queda de 0,6% face a maio.

Notícia sobre:

Covid-19 faz disparar número de desempregados inscritos no IEFP: são quase 409 mil em maio

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) disparou em maio. Uma consequência, seguramente, da pandemia da Covid-19. Já há quase 409 mil pessoas desempregadas inscritas nos serviços de emprego.

Notícia sobre:

Tudo o que muda no subsídio de desemprego com o Covid-19

Os mercado laboral está a sentir (e muito) os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus. A crise deverá deixar muitas pessoas no desemprego e quem já não está no ativo verá o subsídio ser assegurado de forma automática. Mas há mais novidades (e mudanças) à vista.

Notícia sobre:

Há menos casais desempregados em Portugal – e desemprego total caiu 11,1%

O número de casais em que ambos os cônjuges estão desempregados caiu 20,3% em setembro para 5.352, segundo dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Notícia sobre:

Há menos 10% de desempregados inscritos no IEFP que há um ano

Depois de em junho ter ficado abaixo da barreira das 300 mil pessoas pela primeira vez desde dezembro de 1991, o desemprego voltou a recuar. Em julho, estavam inscritas nos centros de emprego 297.290 pessoas, menos 10,1% que há um ano.

Notícia sobre: