Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo Banco vende emblemático edifício do Marquês por 60,3 milhões a espanhóis

Novo Banco
Novo Banco
Autor: Redação

O emblemático edifício número 3 do Marquês de Pombal, em Lisboa - que durante décadas acolheu a sede do extinto Banco Espírito Santo (BES) - acaba de mudar de mãos. O Novo Banco, que tinha herdado este ativo, vendeu o imóvel de 10 pisos à Merlin Properties, a maior empresa imobiliária espanhola cotada em bolsa (com uma capitalização próxima dos 5.500 millones de euros) por 60,3 milhões de euros. 

O preço de aquisição, segundo diz a Merlin em comunicado, “implica uma rentabilidade bruta tendo em conta a ocupação atual de 4,0% e uma rentabilidade de mercado (ERV yield)  de 6,5%". Com uma área locável de 12.460 metros quadrados (m2), o edifício - que está localizado entre a Avenida da Liberdade e a Fontes Pereira de Melo - conta com 9.425 m2 para escritórios e 3.025 m2 de lojas, tendo hoje em dia uma ocupação de 63%. Entre os seus inquilinos estão atualmente a McKinsey, o próprio Novo Banco, o Banco Best e o MDS Portugal. 

No início de 2016 a Merlin adquiriu em Lisboa o edifício Monumental, no Saldanha, e a Torre A do complexo das Torres de Lisboa e, com esta compra ao Novo Banco, a sua no mercado de escritórios de Lisboa passa a ter 60.117 m2, em zonas prime da capital portuguesa. A socimi espanhola possui também 5.500 m2 de ABL em centros comerciais.

No início de 2016 a Merlin adquiriu em Lisboa o edifício Monumental, no Saldanha, e a Torre A do complexo das Torres de Lisboa, por um total de 103 milhões de euros. Já em abril deste ano, a empresa liderada por Ismael Clemente fechou a compra de um edifício no Parque das Nações por 29 milhões de euros.

No total da Península Ibérica, a Merlin Properties possui 1.157 ativos, entre escritórios, shopping centers, retail, logística e hotelaria, avaliados em 10.027 milhões de euros.