Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Especialistas dizem que a Expo 98 “inspirou” a reabilitação de Lisboa

Creative commons
Creative commons
Autor: Redação

A emblemática Expo 98 terá servido de “inspiração” para a reabilitação de outras áreas da cidade de Lisboa, especialmente na Baixa, de acordo com a opinião de um grupo de especialistas. Ainda assim, há muitos equipamentos, construídos naquela altura, que se encontram subaproveitados.

Os 20 anos da realização da Exposição Mundial de 1998 (Expo 98) deram o mote para a realização de uma conferência que juntou um painel de vários especialistas, nomeadamente dois engenheiros, um arquiteto e uma geógrafa, para quem a exposição “foi um sucesso”.

"Estamos a falar de uma zona que estava totalmente abandonada e marginalizada. A realização desta exposição não só deu a conhecer um território que era totalmente desconhecido, como o tornou numa referência", sublinhou a geógrafa Teresa Barata Salgueiro, citada pela Lusa.  

Para a docente do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT), a revitalização da parte oriental da cidade de Lisboa "contagiou e inspirou" as futuras intervenções noutros pontos da cidade, de que são exemplo as zonas da Praça do Comércio e do Cais do Sodré.

Os especialistas reconheceram que a Expo 98 foi "uma oportunidade única” para o país, ressalvando o facto de existir um subaproveitamento de algumas infraestruturas, nomeadamente do Pavilhão Atlântico (Altice Arena), do Pavilhão de Portugal e do Parque Urbano do Cabeço das Rolas.