Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Teixeira Duarte vai ter de vender 500 milhões em ativos

Etienne Girardet/Unsplash
Etienne Girardet/Unsplash
Autor: Redação

A Teixeira Duarte vai ter de vender um conjunto de ativos no valor de 500 milhões de euros, depois de ter fechado um acordo com o BCP, a CGD e o Novo Banco para a reestruturação e redução da dívida.

A empresa “encetou um processo com o Banco Comercial Português, S.A., a Caixa Geral de Depósitos, S.A. e o Novo Banco, S.A. em ordem a acordar os termos em que o Grupo Teixeira Duarte vai proceder à redução do seu ativo e do seu passivo”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O acordo prevê  “uma redução significativa do passivo bancário alinhada com um programa de alienação de ativos no valor de cerca de 500 milhões de euros”.

A Teixeira Duarte acrescenta que o acordo “permite programar, nomeadamente, a velocidade de redução do endividamento bancário do Grupo, salvaguardando dessa forma níveis adequados de liquidez”. A construtora não revelou, no entanto, quais os ativos que irá vender.

De referir que ainda que o grupo fechou 2017 com prejuízos de 4,65 milhões de euros, valores que comparam com 20,15 milhões de euros de lucro no ano anterior, lê-se ainda num outro comunicado divulgado pela empresa.