Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Museu de Siza Vieira e Carlos Castanheira na China inaugurado amanhã

Museu de Arte e Educação encontra-se na região de Dongqian Lake, na cidade de Ningbo, na China.

Metalocus
Metalocus
Autor: Redação

O MOAE – Huamao Museum Of Art Education (Museu de Arte e Educação) de Dongqian Lake, em Ningbo, na China – um trabalho conjunto dos arquitetos portugueses Álvaro Siza Vieira e Carlos Castanheira, que nos últimos anos têm trabalhado juntos naquele território –, é inaugurado este sábado (21 de novembro de 2020). 

Este não é o primeiro projeto com a assinatura dos dois arquitetos portugueses na China, sendo que ambos já tinham “desenhado” o “Edifício sobre a Água”, escritórios de uma fábrica de químicos sobre um lago artificial em Huaian, e o China Design Museum, em Hangzhou. Em causa estão obras que marcam um percurso de sucesso dos dois autores naquela região, escreve o Construir.

O trabalho de Álvaro Siza e Carlos Castanheira na Ásia iniciou-se com um Pavilhão na Coreia do Sul, em 2005. Desde então, a obra de ambos tem sido profícua neste continente, como confirma a exposição “Orient Express – Viagem de Retorno”, patente na Fundação de Serralves desde finais de janeiro de 2019 e que poderá ser visitada até 6 de dezembro de 2020. Segundo a publicação, desde então, a dupla já projetou vários edifícios na Coreia do Sul e na China, conforme referido em cima, e também em Taiwan.

O no Museu de Arte e Educação de Ningbo é considerado pelos autores “um pequeno museu que é enorme por dentro”. “Encostado à colina levita do terreno e ondula na forma. Intriga de elegância e de mistério. Nada é óbvio neste pequeno edifício”. Lê-se na descrição do projeto.