Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Projeto da Fidelidade para terrenos da antiga Feira Popular assinado por Siza Vieira e Souto de Moura

Masterplan já foi apresentado à Câmara Municipal de Lisboa, que terá agora de o aprovar. Está agendada uma reunião para esta quinta-feira.

Via ECO
Via ECO
Autor: Redação

A Fidelidade, que em dezembro de 2018 comprou os terrenos da antiga Feira Popular de Lisboa, em Entrecampos, apresentou parte do projeto previsto para o local, que terá a assinatura dos dois arquitetos portugueses mas conceituados, Eduardo Souto de Moura e Álvaro Siza Vieira, já vencedores do Prémio Pritzker. O masterplan foi apresentado dia 16 de julho de 2020 em reunião camarária aos vereadores da Câmara Municipal de Lisboa (CML), que devem decidir esta semana se o aprovam ou não – a reunião está marcada para dia 23.

Segundo o ECO, que divulgou imagens cedidas pelo vereador do PSD João Pedro Costa e alguns pormenores do processo, o masterplan inclui, pelo menos, cinco edifícios. De recordar que as três parcelas de terreno têm uma área total de 27 hectares, dos quais 2,5 hectares serão zonas verdes.

De acordo com a apresentação feita pela autarquia em 2018, o projeto teria 700 habitações de renda acessível e 279 habitações de renda livre, que seriam construídas na Parcela B (mesmo ao lado da estação), juntamente com comércio, serviços e dois parques de estacionamento. No entanto, em março deste ano, a CML anunciou a construção de apenas cerca de 500 casas de rendas abaixo do valor de mercado, escreve a publicação.