Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Produção na construção desacelera, mas continua a crescer

Os índices de emprego e de remunerações no setor, subiram 2,1% e 5,6%, segundo os dados do INE.

Foto de Andrea Piacquadio en Pexels
Foto de Andrea Piacquadio en Pexels
Autor: Lusa

O Índice de Produção na Construção aumentou 4,1% em julho, em termos homólogos, desacelerando 3,6 pontos percentuais face a junho, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE), publicados esta segunda-feira, dia 13 de setembro de 2021.

Em comunicado, o INE nota que, “embora o setor da construção não tenha sido fortemente afetado pela pandemia, ainda assim esta evolução reflete um efeito de base, tendo o índice diminuído 4,3% no mês homólogo” (julho de 2020).

Por segmentos, a ‘construção de edifícios’ cresceu 0,9% (contra 4,4% em junho) e a ‘engenharia civil’ desacelerou 3,6 pontos percentuais, para uma taxa de variação de 9,0%.

No que se refere aos índices de emprego e de remunerações no setor, subiram 2,1% e 5,6%, respetivamente, em julho face ao mesmo mês de 2020, contra variações homólogas de 2,5% e 9,0% no mês anterior.

Face a junho, os índices de emprego e de remunerações aumentaram 0,5% e 3,5%, respetivamente (0,9% e 6,7% em julho 2020), mostram os mesmos dados do INE.