Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Custos de construção de habitação nova sobem 6,6% em julho

O preço dos materiais e o custo da mão de obra apresentaram, respetivamente, variações de 8,6% e de 3,9% face ao período homólogo.

Custos de construção
Foto de Anamul Rezwan en Pexels
Autor: Lusa

Os custos de construção de habitação nova aumentaram 6,6% em julho, em termos homólogos, tal como no mês anterior, sobretudo devido à subida dos preços dos materiais, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“Em julho, estima-se que os custos de construção de habitação nova tenham aumentado 6,6% em termos homólogos, tal como no mês anterior. O preço dos materiais e o custo da mão de obra apresentaram, respetivamente, variações de 8,6% e de 3,9% face ao período homólogo”, refere o INE em comunicado.

De acordo com o instituto, em junho o preço dos materiais tinha subido 6,8% e o custo da mão de obra 6,2%.

Casas novas
Foto de SevenStorm JUHASZIMRUS en Pexels

O custo da mão de obra contribuiu com 1,7 pontos percentuais para a formação da taxa de variação homóloga do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova (ICCHN) e a componente dos materiais contribuiu com 4,9 pontos percentuais.

A taxa de variação mensal do ICCHN foi de 1,6% em julho, com o custo dos materiais a aumentar 1,9% e o custo da mão de obra 1,3%.

As componentes mão de obra e materiais contribuíram com 0,5 e 1,1 pontos percentuais, respetivamente, para a formação da taxa de variação mensal do ICCHN.

O ICCHN é uma estatística derivada produzida pelo INE que tem como objetivo medir o custo de construção de edifícios residenciais em Portugal.