Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Antiga fábrica de cortiça no Seixal transforma-se no hotel Mundet

Investimento ronda os 7,5 milhões de euros e a construção retomou em setembro de 2021.

Novo hotel no Seixal
Fonte: Facebook do Presidente da Câmara do Seixal
Autor: Redação

Há uma nova unidade hoteleira a nascer no Seixal, em Setúbal. Trata-se do Hotel Mundet, que vai localizar-se no lugar onde um dia operou aquela que foi considerada uma das fábricas de cortiça mais importantes do mundo – a L. Mundet & Sons, que lhe dá nome. As obras retomaram depois de terem sido interrompidas nos últimos meses. E a expectativa é que a unidade abra portas já no próximo verão.

Para construir esta nova unidade hoteleira junto à baía do Seixal vão ser necessários 7,6 milhões de euros, segundo revelou o presidente da Câmara Joaquim Santos à Lusa em fevereiro de 2019, momento em que apresentou o investimento. O hotel Mundet será um quatro estrelas com 84 apartamentos, estacionamento subterrâneo, business center, spa, health club, um restaurante, piscina, rooftop e bar, segundo detalhou.

Trata-se de um investimento privado, que não ignora as suas origens, já que a sua decoração será inspirada no universo da cortiça. "É um produto genuinamente português, somos o maior exportador mundial de cortiça e faz todo o sentido. Foi uma das questões mais importantes para a vitória deste projeto", referiu ainda Joaquim Santos na ocasião.

Novo hotel no Seixal
Fonte: Facebook do Presidente da Câmara do Seixal

Paralisação das obras

Os trabalhos estavam a decorrer a bom ritmo em novembro 2020, quando Joaquim Santos disse que “as obras de construção do Hotel Mundet com cerca de 3.500 metros quadrados estão a decorrer e representam um investimento de 16 milhões de euros do Grupo Libertas” que está encarregue dos trabalhos, citou a NiT.

Mas, no entanto, os trabalhos ficaram paralisados durante meses. E agora foram retomados. Quem o disse foi o próprio presidente da autarquia numa publicação na sua página de Facebook, com data de 22 de setembro de 2021: “Depois de um interregno nas obras da construção do Hotel Mundet, as mesmas retomaram na semana passada pelo construtor que ganhou o concurso público, que não implica qualquer custo para a Câmara”. Em concreto, “neste momento encontram-se em curso os trabalhos de movimentação de terras e execução das fundações”, explicou ainda.

Novo hotel no Seixal
Fonte: Facebook do Presidente da Câmara do Seixal

Agora, a construção do novo hotel situado na zona ribeirinha do Seixal, deverá prolongar-se por 20 meses, sendo que a abertura está prevista para o verão de 2022, escreve o Diário Imobiliário.

Segundo o autarca reeleito, “esta obra insere-se na estratégia de qualificação e revitalização do espaço da antiga fábrica Mundet e constitui uma oferta de alojamento de qualidade para responder à crescente procura turística”.

Recorde-se que a L. Mundet & Sons chegou à Quinta dos Franceses, no concelho do Seixal, em 1905. Chegou a empregar mais de 2.500 pessoas, mas acabou por fechar em 1988, vítima da concorrência das empresas de plástico.