Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Reabilitação urbana: atividade acelerou 11% em setembro

Encomendas em carteira subiu 7,8% face ao mesmo mês de 2020, mas é inferior ao número apurado em agosto de 2021.

Reabilitação urbana acelera
Foto de Blue Bird no Pexels
Autor: Redação

A reabilitação urbana está ao rubro em Portugal. Em setembro de 2021, o nível de atividade das empresas cresceu 11% em termos homólogos, acelerando, assim, a trajetória de crescimento da atividade das empresas na área de reabilitação urbana, apontam os dados da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Os dados reunidos pela AICCOPN através do inquérito mensal dirigido ao mercado da reabilitação urbana, mostra que a atividade empresarial acelerou face a agosto de 2021, já que nesse mês a subida homóloga registada foi de 5,6%. Esta trajétoria de crescimento tem vindo a ser registada desde meados de maio de 2021. 

Quando à carteira de encomendas, o índice da AICCOPN - que mede a opinião dos empresários relativamente ao volume de obras em carteira-, aponta para um aumento de 7,8%, um valor, contudo, inferior ao registado no mês de agosto (8,3%).

No que diz respeito à produção contratada, isto é, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, observa-se um crescimento para 9,7 meses, "acompanhando a evolução positiva dos índices relativos ao nível de atividade e carteira de encomendas", refere a associação na mesma publicação.