Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Opway vendida aos moçambicanos da Nadhari por cinco milhões

Autor: Redação

A construtora Opway, detida pela Espírito Santo Industrial (ESI), foi ontem vendida em leilão aos moçambicanos da Nadhari. A construtora moçambicana ofereceu cinco milhões de euros e tem agora uma semana (até dia 9) para fazer prova de capacidade financeira. Se tal não acontecer, vence a segunda proposta mais elevada, o “Management Buy Out (MBO)” liderado por Almerindo Marques. O antigo presidente da empresa ofereceu 1,250 milhões de euros.

A Prebuild ficou em terceiro lugar no leilão e o grupo Vallis, o quarto interessado na compra da Opway, acabou por não participar no mesmo. Segundo o Dinheiro Vivo, os representantes do MBO e os da Prebuild dão por garantido que a Nadhari não fará prova de capacidade financeira no prazo previsto e que será a proposta classificada em segundo lugar a vencer o leilão. 

Fonte próxima do processo assegurou que a Prebuild terá tentado deixar em ata a sua disponibilidade para chegar aos 1,3 milhões de euros caso a Nadhari falhasse, aos que os representantes de Almerindo Marques se terão disponibilizado para subir a parada para 1,350 milhões.

Pedro Martins, representante da Prebuild no leilão, terá exigido que em ata constasse que “fica demonstrado que tudo não passou de um esquema para entregar a empresa à atual gestão”, escreve a publicação. Uma afirmação entretanto desmentida por Almerindo Marques. “Podem dizer o que quiserem. Têm é de prová-lo”, disse, citado pela publicação.