Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

RTP quer encaixar 1,8 milhões com venda de imóveis

Autor: Redação

A RTP tem em curso um plano de venda de imóveis com o qual pretende encaixar 1,8 milhões de euros. O objetivo da estação pública de rádio e televisão é alienar os espaços de que é proprietária, mas que não utiliza. As instalações em Pegões, no Montijo, e em Ponta Delgada, e o edifício do antigo cinema do Lumiar, em Lisboa, são os imóveis que estão atualmente à venda.

Desde que a atual administração, liderada por Gonçalo Reis, tomou posse, em fevereiro do ano passado, a empresa pública de rádio e televisão alienou o Centro Regional Comum de Faro, a Estação Emissora de Santiago do Cacém, um parque de estacionamento em Ponta Delgada, nos Açores, e um edifício em Miramar, o que permitiu um encaixe financeiro superior a 500 mil euros, segundo escreve o Correio da Manhã.

Por outro lado, ainda de acordo com o jornal, os contratos de arrendamento da Estação Emissora de Aljustrel, da delegação de Vila Real e da Estação Emissora de Pelados foram denunciados e os imóveis entregues aos respetivos senhorios. 

No ano passado, a RTP gastou 930 mil euros com a reparação e conservação de edifícios e 716 mil euros em rendas de imóveis, acrescidos de 1,5 milhões de euros pagos pelo edifício-sede, em Lisboa, em sistema de leasing financeiro, de acordo com o relatório e contas da RTP relativo a 2015, citado pelo diário.