Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fundo americano Harbert compra shoppings à Sonae Sierra por 170 milhões

Venda do LoureShopping, Rio Sul e 8ª Avenida fechada na reta final de 2019.

O centro comercial 8ª Avenida, em S. João da Madeira, fazia parte da carteira vendida. / Wikipedia
O centro comercial 8ª Avenida, em S. João da Madeira, fazia parte da carteira vendida. / Wikipedia
Autor: Redação

O fundo de investimento norte-americano Harbert acaba de marcar entrada no mercado imobiliário nacional, por via da compra da carteira de centros comerciais da Sonae Sierra. A operação, que vinha a ser negociada há vários meses, foi fechada na reta final de 2019, por 170 milhões de euros e contempla os centros comerciais LoureShopping, RioSul e 8ª Avenida.

A informação sobre este negócio é avançada pela Cushman & Wakefield, no resumo da atividade do mercado imobiliário nacional em 2019 e as suas perspetivas para 2020. 

"O segmento de centros comerciais foi o mais ativo, para o qual contribuiu a aquisição do AlgarveShopping e Albufeira Retail Park pela Frey por €179 milhões, assim como a venda do RioSul Shopping, 8ª Avenida e LoureShopping à Harbert por €170 milhões", pode ler-se no comunicado enviado à imprensa pela consultora.

O portefólio que foi transacionado com a Harbert contemplava o LoureShopping, um centro comercial com uma superfície de 42.000 m² às portas de Lisboa, no qual a Sonae Sierra partilhava a gestão de igual modo com a Deka; o Rio Sul, no Seixal, com 44.000 m² de superfície, detido em partes iguais pela Sonae Sierra Portugal e o fundo alemão; e ainda o 8ª Avenida, em São João da Madeira, que possui um total de 20.000 m² e 125 lojas e era somente controlado pela Sonae Sierra.

Dando a conhecer que a equipa de retalho da Cushman & Wakefield foi responsável por 60 transações correspondentes a cerca de 22.000 m² nas várias áreas de atuação, a empresa destaca neste setor "a comercialização e posterior venda do Montijo Retail Park, único projeto a abrir no país em 2019".