Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Engel&Völkers mantém confiança no mercado e lança-se à conquista das casas de luxo em Gaia

Consultora internacional acredita que o imobiliário é resiliente para superar o efeito do Covid-19

Engel&Völkers
Engel&Völkers
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A multinacional alemã Engel & Völkers quer ter uma palavra a dizer no mercado residencial e comercial de luxo de Vila Nova de Gaia, no Grande Porto, sendo a primeira consultora imobiliária a ter preparada a abertura de um escritório no concelho, especificamente para trabalhar este segmento. Em simultâneo com esta inaguração - com data prevista para outubro/novembro deste ano - a consultora decidiu investir também na abertura de uma segunda loja na cidade do Porto, localizada na Baixa.

Sobre o atual momento que vive o mercado em Portugal, em consequência da pandemia provocada pelo Covid-19, Gustavo Soares, managing partner da Engel & Völkers acredita que o setor está preparado para enfrentar esta situação, porque o “imobiliário é um mercado resiliente e que resiste bem a estes períodos”. De acordo com este responsável, está em causa um setor com maior resistência e que, apesar da crise do momento, em nada se pode comparar com a instabilidade vívida nos mercados bolsistas, com as empresas a apresentarem grandes perdes desde o início do surto.

Gustavo Soares alerta, porém, para necessidade de haver algum ajustamento dos preços do imobiliário, especialmente em zonas das cidades onde estes eram claramente especulativos. “Os proprietários têm de ter um cuidado maior nos preços e serem mais realistas”, alerta.

Primeiro escritório vocacionado para segmento de luxo

Ao idealista/news, o gestor destaca que a Engel & Völkers “podia operar a partir do Porto, onde temos um escritório em pleno funcionamento na Avenida da Boavista e um segundo, na Baixa, como abertura prevista para depois do verão”, mas, segundo argumenta, “não queremos que Gaia seja um mercado secundário, porque apresenta um grande potencial”.

Com uma equipa de 10 consultores, o novo escritório fica localizado na Avenida de Gaia, perto de zonas emblemáticas e de grande atração turística, como o Jardim do Morro e a Serra do Pilar, e pretende captar a nova oferta residencial de luxo, constituída por um conjunto de empreendimentos que estão a ser promovidos sobretudo na marginal de Gaia.

A aposta é privilegiar os empreendimentos residenciais que estão a nascer na linha de costa de Gaia, que se estende da Foz do rio Douro, em Canidelo, até Espinho. Gustavo Soares destaca, “temos locais absolutamente fantásticos, como Granja, Madalena, Valadares, Miramar, Francelos que apresentam um grande potencial em termos de imobiliário para o segmento alto”.

Nova agência com carteira de 150 a 200 propriedades

A expetativa de negócios do escritório de Gaia da Engel & Völkers é conseguir, numa primeira fase, entre “150 a 200 propriedades”, frisando a oferta gerada pelo "conjunto de empreendimentos residenciais já em fase de construção junto à Foz do Rio Douro, nas zonas da Afurada e Canidelo, e espalhados pelo cordão marítimo”, alguns que se encontram em comercialização, tal como refere Gustavo Soares.

Na sua opinião, Gaia apresenta atualmente “valores bastante mais atrativos”, em comparação com o Porto. "É um mercado atrativo, tanto pelos preços, como pelas acessibilidades, para as famílias e pessoas que trabalham neste concelho e nos vizinhos”, defende, destacando que "neste concelho é possível encontrar tipologias neste segmento de mercado com preços médios de 300 mil euros". Ou seja, com valores de 30% abaixo, em comparação ao Porto.

Em oferta, no site da consultora, está em venda de um fabuloso palacete em São Félix da Marinha, que custa 1.850.000 euros. Construído em meados do século XIX, o palacete foi completamente remodelado no ano de 1996, recuperando a beleza majestosa de outros tempos. Destaca-se, também, uma moradia localizada numa zona habitacional calma e inserida num lote de terreno de 4503 m2, com um preço de 695 000 euros.

Atividade no Porto atingiu grau de consolidação

Presente no Porto desde 2018, a Engel & Völkers especializou-se na mediação de imóveis residenciais de luxo, iniciando a atividade com a abertura de uma loja no edifício Burgo, na Avenida da Boavista. Um espaço que conta atualmente com cerca de 30 consultores imobiliários a colaborar com a marca no Porto e que será alargado com a abertura do novo espaço na Baixa do Porto.

“Atingimos um grau de consolidação no mercado do Porto”, destaca Gustavo Soares, frisando que, por isso, o objetivo é “aumentar a nossa presença e mesmo torna-la relevante em termos de mercado ibérico”. Na sua opinião, o crescimento da atividade da consultora na região Norte, é “impulsionada pelas oportunidades que apresenta o mercado do imobiliário premium”.

Portefólio de 600 propriedades no Porto

O responsável salienta o “portfólio relevante” que Engel & Völkers tem atualmente no mercado do Porto, constituído por “cerca de 600 propriedades em carteira”, destacando também o conjunto de negócios que realizou e os empreendimentos em que está presente.

“Concretizamos alguns negócios de venda de moradias, alguns por valores próximos de dois milhões de euros, na Avenida Marechal Gomes da Costa, outros no Bairro Hollywood (junto à Rua Antero de Quental) e na zona da Rua António Cardoso”, salienta Gustavo Soares.

Em relação aos promotores que fazem parte do portfolio da consultora, destaca, sobretudo, os grupos ACA, com empreendimentos na Marechal Gomes da Costa e no Parque da Cidade, da Lucios, na Foz, e da Imolimit, como é o caso do Panorâmico Poente, um edifício de habitação constituído por 11 frações, com 4 pisos acima do solo. Implantado junto à Arrábida, fica a cerca de 50 metros acima do Rio Douro.

Captar novos talentos nas universidades

Presente em Portugal desde 2006, a Engel & Völkers dispõe de uma rede de agências imobiliárias instalada nas principais cidades portuguesas. Gustavo Soares, considera que uma das vantagens de integrar uma marca forte é também a possibilidade de beneficiar de um vasto e consolidado programa de formação, que abrange a captação de novos talentos das universidades, promovendo estágios para recém-licenciados.

No Porto, a Engel & Völkers já estabeleceu parcerias com o IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing), Universidade Católica e com a Portucalense.