Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imobiliária de Buffett acelera plano de expansão em Portugal

Imóveis de luxo continuam a atrair investidores internacionais, em especial na Comporta.

Imobiliário de luxo em Portugal
Foto de Jason Boyd no Pexels
Autor: Redação

A Berkshire Hathaway HomeServices (BHHS), a rede imobiliária do multimilionário Warren Buffett, está a dar gás à sua estratégia de expansão global e Portugal não fica fora dos planos. Até porque a procura por imóveis de luxo continuou na mira dos investidores estrangeiros mesmo durante a pandemia.

Foi há cerca de dois anos que a BHHS entrou em Portugal. O seu plano de expansão no país começou pelas áreas de Lisboa, Porto e Algarve, zonas que continuam, aliás, a “ser muito procuradas por investidores de alto nível”, comenta a empresa em comunicado enviado às redações. A estas acresce, agora, a Costa Litoral Atentejana, com destaque para a Comporta, que está a ser apontada como um dos “destinos mundiais favoritos para o investimento imobiliário no segmento de luxo”, referem ainda.

A BHHS acrescentou dois parceiros à sua rede de intermediação imobiliária para, assim, “oferecer aos investidores um portfolio exclusivo de imóveis de prestígio”.  Note-se que, de acordo com a públicação, o objetivo da Berkshire Hathaway HomeServices passa por expandir-se no território português através de parcerias com agências imobiliárias e realizar operações de relevância estratégica para o panorama imobiliário português.

Casas de luxo em Portugal
Imagem de Arek Socha por Pixabay

Imobiliário de luxo atrai investidores

Apesar do desaceleramento da economia mundial causado pela crise sanitária global, a procura por imóveis de luxo em Portugal manteve um “forte atrativo” por parte dos investidores estrangeiros. Isto quer dizer que o imobiliário de luxo em território luso apresenta um baixo risco de desvalorização económica em caso de crise e, portanto, uma rentabilização estável no longo prazo.

E o foco desta rede de intermediação global passa por “atrair investidores de todas as partes do mundo e gerir patrimónios imobiliários exclusivos, desfrutando ao máximo das potencialidades do imobiliário português”, segundo diz Michael Vincent, CEO da Berkshire Hathaway HomeServices – Portugal Property.

Casas de luxo em Portugal
Imagem de Free-Photos por Pixabay
Mas só os fundamentais do mercado imobiliário português não chegam. É preciso “incentivos fiscais para investidores estrangeiros”, já que “ são uma força motriz para as transações imobiliárias internacionais, especialmente no segmento exclusivo do luxo”, afirma César Santos, CEO da Berkshire Hathaway HomeServices – Atlantic Portugal.

Foi conjugando estes dois fatores que a BHHS escolheu as zonas de expansão em território nacional. “As zonas selecionadas para o desenvolvimento em Portugal representam locais de interesse significativo para o perfil dos investidores estrangeiros”, acrescenta César Santos.