Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Estão a chegar ao mercado três portefólios de escritórios no valor de 175 milhões

Autor: Leonor Santos

O mercado imobiliário arranca mais um ano a dar (e multiplicar) frutos. Nas próximas semanas, a consultora CBRE vai colocar no mercado três novos portefólios de escritórios, num valor global de cerca de 175 milhões de euros. Os ativos concentram-se em Lisboa e Porto, revela ao idealista/news o diretor-geral da CBRE Portugal, Francisco Horta e Costa.

Dois dos portefólios localizam-se em Lisboa, um deles fica no corredor oeste, na A5, e o outro “é constituído por vários prédios espalhados por Lisboa, desde o Parque das Nações, corredor oeste, passando pelo centro da cidade”, conta o diretor-geral da CBRE, à margem da conferência "Tendências do mercado imobiliário 2019", organizada pela consultora esta segunda-feira (21 de janeiro de 2019). Já o terceiro portefólio, no Porto, é de uso misto e compreende um hotel, escritórios e lojas.

O ano arranca, assim, a todo o vapor, confirmando a tendência de Lisboa e Porto como destinos top de escritórios em 2019. De acordo com as previsões de Cristina Arouca, diretora de research da CBRE, 2019 tem todas as condições para voltar a ser um ano de "investimento robusto" em todos os setores.

Recorde-se que o primeiro grande negócio imobiliário do ano já foi fechado, com os espanhóis da Merlin Properties a comprarem (mais) dois edifícios de escritórios no Parque das Nações – o Art's e a Torre Fernão de Magalhães (TFM) –, por 112,2 milhões de euros.