Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Visita guiada ao mundo dos escritórios modernos: entra na “renovada” Engexpor e inspira-te

Receção do escritório da Engexpor / Engexpor
Receção do escritório da Engexpor / Engexpor
Autor: Redação

A Engexpor, empresa especializada na gestão de projetos e gestão da construção – e mais recentemente na gestão de projeto e obra no ‘fit-out’ de escritórios, um segmento em alta no mercado –, apostou, também, na remodelação da sua própria sede, em Lisboa. Ao idealista/news, Miguel Alegria, CEO da empresa, abre um pouco o véu sobre as novas tendências do mercado de escritórios. 

“No caso dos interiores de escritórios é notória a predominância do ‘open space’ que tende a ser balanceada com a existência de espaços mais reservados para pequenas reuniões, telefonemas mais privados, ou reuniões por videoconferência”, começa pode dizer Miguel Alegria.

'Open space' / Engexpor
'Open space' / Engexpor

“A existência de mais espaços sociais para descontrair ao longo do dia e fomentar as relações e a comunicação entre as pessoas no local de trabalho é igualmente uma tendência, que a par do aproveitamento da luz natural e da utilização de sistemas mais adequados de climatização promovem o conforto e bem-estar”, acrescenta, salientando que “todos estes fatores têm impacto na produtividade e proporcionam um ambiente favorável às novas formas de trabalhar e ao modo como as pessoas procuram experienciar os seus locais de trabalho”.

“A existência de mais espaços sociais para descontrair ao longo do dia e fomentar as relações e a comunicação entre as pessoas no local de trabalho é igualmente uma tendência”
Miguel Alegria, CEO da Engexpor

O responsável revela, de resto, que estas preocupações foram tidas em conta na remodelação do próprio escritório da empresa, na Rua Abranches Ferrão, na zona das Laranjeiras. “Queremos propiciar um ambiente saudável e produtivo aos nossos colaboradores”, explica.

Escritório da Engexpor ganha nova vida

Sobre a “nova casa” da Engexpor, adianta que “a área do escritório manteve-se, mas houve um melhor aproveitamento dos espaços”. “A Engexpor já está nestas instalações há cerca de 20 anos. Além do design e da arquitetura estarem desatualizados, a própria distribuição dos espaços não servia as necessidades atuais da empresa, tendo em conta as novas formas de trabalhar e as condições que queremos proporcionar aos colaboradores”, diz.

Copa / Engexpor
Copa / Engexpor

Segundo o especialista, “privilegiaram-se as áreas de ‘open space’, ao mesmo tempo que se criaram áreas de ‘hot desking’ e pequenos espaços para reuniões e trabalho em equipa”.

Mas as novidades não se ficam por aqui: “Deu-se prevalência à utilização de vidro nas divisórias interiores para possibilitar a entrada de mais luz natural e tirou-se partido de um pé-direito maior, deixando, em alguns espaços, as estruturas originais dos tetos à vista, o que permitiu também criar um ‘look’ bastante moderno. Investiu-se em sistemas de climatização modernos e eficientes, bem como em soluções de iluminação económicas. As áreas de lazer e social foram melhoradas e deu-se especial destaque à zona de receção que, além de mais ampla, funciona como um espaço de referência e projeção da nossa  marca”.

Corredor / Engexpor
Corredor / Engexpor

Quem é a Engexpor? 

A Engexpor é especializada na gestão de projetos e gestão da construção, apoiando os promotores e investidores imobiliários no desenvolvimento dos seus empreendimentos, desde a fase de consultoria até à entrega final da obra. Está presente em Portugal, Angola e Moçambique e atua “em todos os setores de mercado para clientes nacionais e internacionais”, explica o responsável.

Participou em algumas das obras mais emblemáticas que se fizeram no país, como o Pavilhão de Portugal e os centros comerciais Vasco da Gama e Dolce Vita Tejo. Atualmente acompanha projetos como o Liberdade 266 e o EXEO Office Campus, em Lisboa, e o Porto Office Park, na Invicta.

No caso concreto do ‘fit-out’ de escritórios, Miguel Alegria adianta que a Engexpor “está totalmente preparada para apoiar as empresas em todas as fases, desde o levantamento inicial de necessidades, passando pela elaboração dos projetos, a gestão das obras, o fornecimento de equipamento e mobiliário até à entrega final ao cliente”.