Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Allianz desfaz-se de antigos escritórios – vendeu imóvel em Viana do Castelo a investidor português

No Porto, a seguradora arrendou a antiga sede, um imóvel com 2.600 m2, a uma marca hoteleira nacional.

JLL
JLL
Autor: Redação

A seguradora Allianz está a desfazer-se de alguns dos seus imóveis no norte do país. Arrendou a antiga sede no Porto, um imóvel com 2.600 metros quadrados (m2) na rua Gonçalo Cristóvão, a uma marca hoteleira nacional, vendeu os antigos escritórios em Viana do Castelo – um imóvel devoluto com 250 m2 – a um investidor privado português e quer, agora, vender os atuais escritórios na região de Braga, um imóvel com cerca de 450 m2.  

Em causa estão negócios conduzidos pela equipa de Capital Markets da JLL. A consultora adianta, em comunicado, que lhe foi atribuído o mandato de venda do imóvel em Viana do Castelo na sequência de uma colaboração anterior com a seguradora no Porto. Ou seja, a Allianz contactou a consultora com o objetivo de vender a antiga sede na Invicta e, graças ao aconselhamento da JLL, a seguradora acabou por optar por arrendar a totalidade do edifício a uma marca hoteleira nacional

“A equipa da JLL foi, entretanto, novamente o parceiro escolhido pela Allianz para vender outro imóvel na região Norte, desta feita os seus atuais escritórios na região Braga, com cerca de 450 m2. Este mandato inclui ainda a responsabilidade de encontrar uma nova morada para a seguradora naquela cidade, com uma área de escritórios alinhada com as suas necessidades atuais”, lê-se no documento.

Para Fernando Ferreira, Head of Capital Markets da JLL, este tipo de operações – imóveis de menor dimensão em cidades secundárias –, consumadas em plena pandemia da Covid-19, “revela que o mercado está ativo e que é cada vez mais diversificado em termos de geografias e perfis dos imóveis”. “Foi um desafio acrescido para toda a equipa, cujo empenho na concretização das operações é, de facto, um fator diferenciador e que nos tem merecido a confiança de uma entidade tão prestigiada como a Allianz”, acrescentou.