Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

First Workplaces planeia abrir coworking em Portugal em 2022

A empresa vai inaugurar já em outubro um centro com 1.400 m2 em Barcelona. No início do ano, também lançou um novo serviço de gestão de espaços.

Torre Realia
Torre Realia
Autor: Redação

A empresa de espaços de coworking First Workplaces, que tem como principal acionista o fundo Sherpa Capital, acrescentou mais um ativo ao seu portefólio. Vai inaugurar, já em outubro, um novo centro de cowork na Torre Realia em Barcelona. Paralelamente, a empresa está a preparar a sua entrada em Portugal, onde planeia abrir novos espaços já em 2022.

“Este ano vamos apostar em continuar a desenvolver a nossa linha de gestão de espaços sob a nossa marca, mas para o próximo ano temos em mente a nossa entrada em Portugal, Lisboa ou Porto”, disse García Toledo, CEO da First Workplaces, em entrevista ao idealista/news. Este projeto, segundo o responsável, será financiado por fundos próprios.

O ativo que vai inaugurar no país vizinho já em outubro está localizado no complexo ‘Business Area Plaza Europa’, junto ao Centro de Congressos Fira Barcelona, ​​e é o segundo edifício mais alto da cidade. Segundo informa a empresa no seu site, o centro de 'coworking' terá 1.400 m2, que podem ser distribuídos em escritórios de 10 m2 a escritórios corporativos. De referir que este novo espaço contará com wi-fi, receção 24 horas e outros serviços habituais do First WorkPlaces.

Até agora, a empresa dirigida por Óscar García Toledo contava com sete centros de trabalho flexíveis localizados em Madrid, outros dois em Barcelona e outro em Málaga. O seu objetivo para os próximos dois anos é duplicar o portfólio e atingir os 70.000 m2 de superfície.

Além disso, desde o início do ano, a First Workplaces também oferece um serviço de gestão de espaços aos proprietários que pretendam ter espaços de trabalho flexíveis nos seus edifícios – algo que já acontece em centros comerciais e hotéis.