Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

negócio dos bancos afectado pelo crédito malparado

carlos costa, governador do banco de portugal
Autor: Redação

o governador do banco de portugal (bdp) admite que o aumento do desemprego pode vir a afectar o negócio dos bancos, através do crédito malparado. de acordo com a agência financeira, em declarações à reuters, carlos costa diz que "é claro que se o desemprego subir, o sector bancário pode ser susceptível porque as hipotecas podem não conseguir ser paga"

a taxa de desemprego de portugal ascendeu a 11,1% no quarto trimestre de 2010, quando um ano antes estava nos 10,1%. mas, segundo a agência financeira, esta não é a única fragilidade dos bancos nacionais. ainda que não estivessem muito expostos ao subprime que esteve na origem da crise financeira, como acontecia com os bancos de outros países, o governador admite que o sector não é agora capaz de evitar o impacto da crise da dívida pública

sobre as negociações em curso com vista ao pacote de ajuda externa, carlos costa diz que, para que os esforços do país sejam bem sucedidos, é preciso "assegurar que a banca faz o seu papel de providenciar financiamento"

mas o banqueiro não se fica por aqui: "o crescimento tem de vir do sector privado e das pme. se os bancos não emprestam dinheiro, pode haver um aperto do crédito, um credit crunch", diz citado pela agência financeira