Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construir ou reabilitar? Autarquias querem casas novas, Governo aposta na recuperação

Jeremy Kovac/Unsplash
Jeremy Kovac/Unsplash
Autor: Redação

mais de 25.000 famílias portuguesas com necessidades de realojamento. As autarquias querem construir casas novas para quase 7.000 famílias, que correspondem a quase 25% do universo total a necessitar de ser realojado. Mas o Governo já veio dizer que a construção nova será só para situações excecionais. As famílias devem ser realojadas em casas devolutas, adquiridas ou recuperadas para o efeito.

A solução para os problemas de habitação, dizem as autarquias, é construir casas novas. Quer isto dizer que 7.000 novas casas serviriam quase 25% do universo total que precisa de ser realojado, segundo o Jornal de Negócios. Mas o Governo defende que o melhor será apostar na reabilitação e esgotar antes disso – da construção nova – todas as possibilidades de realojamento. Assim, as famílias devem ser realojadas em casas devolutas, adquiridas ou recuperadas.

O Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) avaliou o custo total da construção destas novas casas, que poderia ascender a 1.700 milhões de euros. A secretária de Estado da Habitação disse, no entanto, que a resolução dos problemas de habitação demora tempo. "A habitação não é algo a que se junta água e já está. Implica tempo", defendeu Ana Pinho, citada pela publicação.