Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prémio André Jordan 2018 recebe candidaturas até 31 de março

Autor: Redação

Os interessados em concorrer ao Prémio André Jordan 2018 podem fazê-lo até dia 31 de março. O prémio pretende promover a realização de trabalhos de investigação sobre Economia de Imobiliário, bem como disseminar esse conhecimento pelos profissionais do mercado. Trata-se de uma iniciativa bienal que distingue a investigação em Economia das Cidades, Turismo e Imobiliário.

O lançamento do Prémio André Jordan 2018 terá lugar no âmbito da Aula Aberta sobre “Habitação e Cidades em Portugal”, que se realiza dia 7 de março no Auditório do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), em Lisboa. 

“Este encontro conta com a participação de Ana Pinho, Secretária de Estado da Habitação, e será moderado por Augusto Mateus, Presidente do Júri do Prémio André Jordan”, revela a organização, acrescentando que haverá ainda intervenções de “Carrilho da Graça, na área da Arquitetura, de Sandra Marques Pereira, em Sociologia, de Teresa Barata Salgueiro, em Geografia, de João Duque, em Finanças, e de Ana Paula Delgado, em Economia Urbana”. De referir que a sessão é aberta ao diálogo com todos os presentes.

A edição deste ano do Prémio André Jordan vai avaliar estudos relacionados com Cidades, Turismo e Mercado Imobiliário, podendo as candidaturas ser classificadas em áreas como Economia e Gestão Imobiliária, Finanças, Investigação e Avaliação, Marketing e Informação, Fiscalidade, Economia urbana, Planeamento e urbanismo, Sustentabilidade e ambiente e Imobiliário e Turismo. 

“As categorias a concurso na 5ª edição do Prémio André Jordan dividem-se entre teses de doutoramento ou artigos científicos para um prémio com o valor pecuniário de 7.500 euros, e dissertações de mestrado para um prémio pecuniário de 1.000 euros – os trabalhos premiados serão publicados numa edição adaptada para distribuição pelos profissionais do mercado imobiliário.