Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preços elevados exigem casas mais pequenas

Creative commons
Creative commons
Autor: Redação

Preços das casas mais elevados. Um cenário para o qual o mercado imobiliário português não está preparado. Porquê? Por uma simples razão: o aumento dos preços das casas não cresce ao ritmo dos rendimentos dos portugueses. A solução estará na reconfiguração do mercado, ou seja, as casas podem ter de se tornar mais pequenas, para que os portugueses as possam comprar.  

“Vamos ter de recriar uma nova reconfiguração do espaço imobiliário”, defendeu o partner da Deloitte, Jorge Marrão, em entrevista ao Jornal de Negócios. Para o responsável, o mercado português enfrenta um problema que é fácil de explicar: os rendimentos não crescem, logo não acompanham a subida dos preços das casas. E, depois, os portugueses “habituaram-se a comprar casas que não são de 70 metros quadrados (m2)”.

“Um dos problemas que podemos vir a ter é que as casas têm de tornar-se mais pequenas, para que os portugueses possam comprar em sítios mais favoráveis”, referiu o responsável, considerando que este problema gera um outro obstáculo, nomeadamente se a oferta estará ou não desenhada para responder às novas e atuais necessidades.