Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rendas devem subir pouco mais de 1% em 2019

Braden Collum/Unsplash
Braden Collum/Unsplash
Autor: Redação

A atualização das rendas é feita todos os anos de acordo com a inflação registada. Espera-se, ainda sem certezas absolutas, que em 2019 os aumentos rondem os 1,1%. Em causa está o valor do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), sem habitação, que ficou em julho nos 1,14%. Para apurar o valor final do aumento das rendas previsto na lei fica apenas a faltar a inflação de agosto.

O IPC sem habitação, dos últimos 12 meses, terminados em agosto, é o coeficiente utilizado para a atualização das rendas ao abrigo do Novo Regime do Arrendamento Urbana (NRAU) – será publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) em setembro. Por agora conhece-se o valor de julho, que dá uma noção a inquilinos e senhorios sobre os possíveis aumentos.

De referir que o aviso sobre a atualização das rendas tem de ser publicado em Diário da República até 30 de outubro.