Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal tem “combinação explosiva” que nega direito à habitação, diz Catarina Martins

Catarina Martins, coordenadora do BE / Wikimedia commons
Catarina Martins, coordenadora do BE / Wikimedia commons
Autor: Redação

Catarina Martins, coordenadora do BE, considera que há “em Portugal uma combinação explosiva que está a negar o direito à habitação”, referindo-se ao “Alojamento Local (AL) sem regras” e à lei das rendas.

“Desde o AL sem regras, a uma lei das rendas que permite a perseguição e expulsão de inquilinos que pagam rendas aceitáveis, até aos vistos gold ou ao regime de não residentes, há em Portugal uma combinação explosiva que está a negar o direito à habitação”, afirmou a responsável, em declarações aos jornalistas, depois de entregar no tribunal a lista de candidatos às legislativas pelo distrito em que é cabeça de lista.

Segundo a coordenadora bloquista, cada vez mais pessoas tem ficado “sem casa porque o mercado de arrendamento se transformou num verdadeiro inferno” e está a expulsar das grandes cidades “inquilinos que pagam rendas aceitáveis”.

Citada pela Lusa, Catarina Martins destacou, quando questionada sobre uma notícia do Público relativa a uma família de sete pessoas que “não tem para onde ir a partir de 14 de agosto”, que “faz parte do programa eleitoral do BE garantir que a habitação é um direito”. E mais: defendeu que a Lei de Bases da Habitação, aprovada no fim da legislatura, “dá algum passo para consagrar esse direito” e “tem agora de ser concretizada”.