Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preço das casas sobe em flecha: Portugal com o quarto maior aumento da UE

Comprar casa encareceu 10,3% num ano no país. Preços só subiram mais na Letónia, Eslováquia e Luxemburgo.

Carolina Pimenta on Unsplash
Carolina Pimenta on Unsplash
Autor: Redação

Em 2019, os preços das casas em Portugal subiram 13,3% face ao ano anterior, para 2.028 euros por metro quadrado (m2), segundo o índice de preços do idealista. Dados recentes revelados pelo Eurostat, relativos ao terceiro trimestre do ano passado, confirmam este cenário, já que Portugal teve o quarto maior aumento da União Europeia (UE) em termos homólogos, sendo apenas superado por Letónia, Eslováquia e Luxemburgo.

De acordo com o gabinete de estatísticas europeu, os preços da habitação subiram 10,3% num ano em Portugal – no terceiro trimestre de 2019 face ao mesmo período do ano anterior –, mais do dobro da subida verificada na média da Zona Euro e da UE: 4,1% em ambos os casos. Um dado, de resto, que já tinha sido revelado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que adiantou que foram vendidas 45.830 habitações entre julho e setembro do ano passado.

Quer isto dizer que só na Letónia (13,5%), na Eslováquia (11,5%) e no Luxemburgo (11,3%) os preços da habitação dispararam mais que em Portugal em termos homólogos. 

Em termos trimestrais, ou seja, no terceiro trimestre de 2019 face ao anterior, os preços das casas aumentaram “apenas” 1,2% em Portugal, um valor abaixo, neste caso, da média da Zona Euro (1,4%) e da UE (1,5%). Já as maiores subidas verificaram-se na Letónia e na Eslovénia, com crescimentos de 3,9% e 3,1%, respetivamente.