Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sorteio de casas do Programa de Renda Acessível realiza-se hoje mas online – por causa do Covid-19

Em causa estão 120 imóveis. Concurso esteve aberto entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020.

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O sorteio das primeiras 120 casas do Programa de Renda Acessível (PRA) da Câmara Municipal de Lisboa – o concurso esteve aberto entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020 – realiza-se esta quinta-feira à tarde. Os candidatos terão, no entanto, de acompanhar os resultados a partir de casa, através do site www.lisboa.pt. Isto porque a autarquia dispensou o evento presencial, na sequência do plano de contingência contra o novo coronavírus.

Segundo o Público, foram apresentadas 3170 candidaturas neste primeiro concurso, mas nem todas foram admitidas. No PRA, tal como acontecia com a Renda Convencionada, a atribuição dos imóveis faz-se por sorteio e todos os candidatos estão em pé de igualdade, sendo que a única condição é terem rendimentos compatíveis com o regulamento, que define que a renda a pagar não pode ser superior a 30% do rendimento líquido mensal do agregado.

Das 120 casas que vão a concurso, 20 encontram-se num edifício da Rua Eduardo Bairrada, na Ajuda, que estava alocado a renda social e que a câmara reabilitou nos últimos meses, escreve a publicação, adiantando que os restantes imóveis estão dispersos por várias zonas da capital: há casas nas torres do Alto da Eira, na Mouraria, em Campolide, Campo de Ourique, Avenidas Novas, Alcântara e em bairros municipais de Marvila, Olivais, Parque das Nações, Lumiar, Beato e Benfica.