Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Angariação de imóveis: dicas para consultores imobiliários de sucesso

Uma boa estratégia de prospeção de clientes será fundamental para fazer negócio.

Como angariar imóveis com sucesso / Photo by Ono Kosuki from Pexels
Como angariar imóveis com sucesso / Photo by Ono Kosuki from Pexels
Autor: Redação

A angariação de imóveis faz parte do dia a dia de muitos consultores imobiliários. É, aliás, uma parte fundamental da profissão, que passa desde a prospeção à promoção e tratamento de toda a burocracia associada. Para o Grupo Solução da Remax, “um bom profissional do setor imobiliário sabe que um imóvel é mais do que um edifício com paredes, portas e janelas”, e compreende que fatores como a sua localização, a comunidade onde se insere ou as motivações do proprietário para vender têm um papel crucial na hora de fazer negócio.

No seu blog, a imobiliária lembra que é possível encontrar vários obstáculos (e desafios) pelo caminho, mas salienta que há certos atributos que podem alavancar o sucesso de um consultor imobiliário, a começar desde logo pela curiosidade, capacidade de adaptação e conhecimento de mercado. A pensar nisso, o Grupo Solução da Remax aponta 5 dicas para consultores imobiliários de sucesso.

Dicas para ter sucesso na angariação de imóveis

1. Não parar de fazer prospeção

A primeira dica centra-se no trabalho de prospeção. A imobiliária lembra que o “trabalho de angariação imobiliária não é temporário, nem pontual”, e que cabe ao consultor imobiliário “estar atento a novas oportunidades, dedicando tempo da sua agenda para fazer prospeção com regularidade”.  O objetivo passa por reservar algumas horas da semana a esta tarefa e criar uma rotina.

2. Diversificar os canais de comunicação para angariar

O Grupo Solução Remax considera que criar uma página profissional nas redes sociais pode ajudar os consultores imobiliários a expandirem a sua rede de contactos e chegar a proprietários que queiram vender as suas casas. “São também são um ótimo espaço para mostrar o seu conhecimento e experiência, ao partilhar o seu trabalho na área da angariação imobiliária”, sublinha.

3. Conhecer bem a zona do imóvel

Esta é uma regra básica e que nunca pode ser esquecida. O consultor imobiliário tem de conhecer muito bem a sua zona de atuação, nomeadamente a comunidade em que o imóvel está inserido, a proximidade a serviços, transportes ou áreas de lazer.

“Dar-se a conhecer à comunidade enquanto profissional do imobiliário pode também ser determinante. Esse envolvimento vai fazer com que se destaque, levando as pessoas a confiar em si”, refere a imobiliária.

4. Acompanhar os valores do mercado

O Grupo Solução Remax explica que “conhecer a área onde o imóvel está inserido é apenas uma das etapas para uma angariação imobiliária bem feita”, e que nformar-se sobre os valores praticados naquela zona, ou em zonas similares,” é algo obrigatório para conseguir negociar.”

“É importante relembrar que, quando se fala de valores, estes podem ser relativos. Existem condicionantes que influenciam os preços dos imóveis, como um aumento da procura naquela zona ou as circunstâncias económicas em cada momento. Por conseguinte e, como sempre aconteceu, existem melhores e piores alturas para vender imóveis. No entanto, um bom imóvel numa boa zona corre um menor risco de desvalorização”, acrescenta.

5. Conhecer o proprietário e as motivações

Conhecer o cliente é fundamental, assim como perceber as suas motivações e expectativas. Daí que a qualificação seja determinante.  “A existência de uma clara motivação para a venda por parte do proprietário é o ingrediente secreto para uma angariação imobiliária de sucesso. Se esta existir, o processo de venda será muito mais fácil”, lê-se ainda.