Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Luxuoso BOW renasce em Lisboa com 29 milhões - e dá lugar à casa mais cara de Portugal

Aqui vão nascer 20 novos apartamentos, entre eles uma penthouse com 750 metros quadrados, a mais cara do país.

Antigo Office 123, onde vai nascer o apartamento mais caro do país
CBRE
Autor: Redação

O edifício Office 123, situado na Avenida Duque de Loulé, em Lisboa, vai ser transformado num empreendimento residencial - o BOW. E entre a aquisição e reabilitação do edifício a Prime Portugal Investment Advisory estima investir um total de 29 milhões de euros. É aqui que vai nascer o apartamento mais caro do país. 

“O BOW foi adquirido em 2018 a um fundo imobiliário e, entre aquisição e reabilitação, a Prime Portugal estima investir 29 milhões de euros neste projeto", indicou a consultora Castelhana Real Estate em comunicado a que a agência Lusa teve acesso. As previsões apontam para o início de 2023 como a data de conclusão do empreendimento.

Este é um projeto assinado pela arquiteta Ana Costa, no qual vão nascer 20 novos apartamentos com tipologias T1, T2 e T3 e uma penthouse com 750 metros quadrados (m2) de interior e 615 m2 de exteriores. Os preços variam entre 526.000 e 12.165.000 euros, sendo que este último corresponde ao valor do apartamento mais caro de Lisboa e de Portugal. Este apartamento ocupa os últimos quatro pisos do edifício, possuindo dez quartos, duas piscinas privadas e vistas desafogadas para a capital e para o rio Tejo, segundo o Expresso.

A comercialização de todos os apartamentos do edifício BOW está a decorrer e a cargo da Castellana Real Estate. E já há vários interessados no apartamento mais caro.

*Com Lusa