Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas de luxo em Lisboa: Hipoges vende carteira por 44 milhões

É uma das maiores operações de venda de habitação do ano em Lisboa, sendo que a carteira é composta por sete ativos premium.

Casas de luxo em Lisboa
Hipoges
Autor: Redação

A Hipoges, servicer de referência no setor de Asset Management, fechou a venda de uma carteira residencial no valor de mais de 44 milhões de euros. Trata-se de uma das maiores operações de venda de ativos de habitação do ano na cidade de Lisboa, revelou a empresa em comunicado, adiantando que o pacote é composto por sete ativos premium localizados no centro da capital.

“Este é mais um passo na afirmação da posição de liderança da Hipoges no mercado português. A carteira (…) era uma das mais destacadas da cidade e uma operação de grande relevância dentro do setor em Portugal”, lê-se no documento.

Segundo Nuno Antunes, Chief Global Real Estate Officer da Hipoges, esta operação é um reforço da estratégia da empresa, que passa pela “venda de ativos únicos”, em que se oferecem aos clientes “soluções de vendas únicas”.

Mercado residencial está a recuperar

Trata-se de uma operação que se segue a uma outra consumada recentemente no mercado residencial português, no caso relativa à gestão de ativos. Em julho, a Hipoges anunciou a aquisição da gestão do maior portfólio de arrendamento residencial em Portugal, com mais de 4.400 ativos espalhados por todo o país, e a criação de um departamento próprio dentro da empresa para gerir este tipo de ativos. 

A venda desta carteira residencial por mais de 44 milhões de euros comprova, segundo a empresa, que o mercado residencial está a recuperar em Portugal, sobretudo em Lisboa.

Casas de luxo em Lisboa
Photo by Paulo Evangelista on Unsplash

“Depois de uma queda nos preços e das operações em 2020 devido à crise gerada pela Covid-19, no início de 2021 e, especialmente nos últimos meses, a reativação do mercado tem feito com que grandes fundos internacionais fechem as suas operações para criarem novos projetos residenciais e casas de luxo na cidade. Assim, no primeiro trimestre do ano, os preços subiram mais de 10% na cidade”, lê-se na nota enviada às redações.

A Hipoges adianta, de resto, que tem testemunhado, através da sua plataforma de comercialização de ativos imobiliários (Portal Now), o aumento da atividade no mercado de compra de habitações. 

Quem é a Hipoges?

A Hipoges, que foi fundada em 2008, é uma plataforma de referência no setor de Asset Management, com mais de 24.000 milhões de euros em ativos sob gestão. Entre estes ativos estão incluídas, por exemplo, hipotecas residenciais e adjudicadas, créditos de fomento à construção, créditos ao consumo sem garantia e créditos a PMEs. 

A Hipoges oferece também consultoria no processo de avaliação e compra e na elaboração de processos e implementação de ferramentas de gestão, bem como soluções de gestão para diferentes tipos de ativos e investimentos. 

A empresa adianta que assegura a gestão de todas estas atividades graças a uma equipa de mais de 800 pessoas sediadas em três países (Portugal, Espanha e Grécia) e a uma avançada plataforma tecnológica da sua autoria, que permite estabelecer a estratégia de trabalho ideal para cada tipo de ativo.