Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

rumores

Autor: Redação

citigroup antecipa extensão de resgate a portugal: portugal está a cumprir o memorando de entendimento assinado com a “troika”, mas isso não será suficiente para colocar as contas públicas num caminho sustentável. a garantia foi dada pelo banco norte-americano citigroup, num relatório publicado sexta-feira sobre a economia portuguesa. “antecipamos que portugal peça em breve uma extensão do seu pacote de resgate, apesar de estar a aplicar de forma diligente a maioria das medidas a que está obrigado pelo programa da troika. apesar de esta futura extensão dificilmente ser acompanhada de uma reestruturação de dívida, esperamos que, entre um a três anos, haja lugar a uma reestruturação - incluindo o envolvimento do sector privado e do sector oficial -, já que o programa da ‘troika’ provavelmente não será capaz de trazer sustentabilidade orçamental a portugal”, concluíram os analistas do citigroup (dinheiro vivo)

samaras pede mais tempo para adoptar reformas na grécia: o primeiro-ministro grego, antonis samaras, pediu “um pouco de ar”, ou seja, mais tempo para adoptar as reformas estruturais exigidas pelos credores internacionais. “tudo o que nós queremos é um pouco de ar para respirar, para colocar a economia nos eixos e fazer crescer as receitas do estado. mais tempo não significa automaticamente mais dinheiro”, disse o chefe do governo de atenas em entrevista ao jornal alemão bild (agência financeira)

fitch ameaça fazer novos cortes de “rating” este ano: a agência de notação financeira fitch alertou para o facto de os países mais vulneráveis da zona euro poderem sofrer novos cortes de “rating” até ao final do ano, caso não haja progressos concretos na resolução da crise da dívida. nesse sentido, a fitch quer ver avanços não só a nível político e financeiro mas também no crescimento económico, já que a falta de uma “luz ao fundo do túnel está a retirar apoio político às reformas” (jornal de negócios)

Artigo visto em
(idealista news)