Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

rumores

Autor: Redação

ollin rehn apoia proposta do fmi para baixar salários em espanha: o comissário europeu para os assuntos económicos e financeiros, olli rehn, defendeu nesta terça-feira a proposta do fmi que sugere que espanha trabalhe num amplo consenso social que permita baixar salários até 10%, de forma a combater o desemprego. no seu blogue, alojado no site da comissão europeia, rehn admite que esse acordo é difícil, mas afirma também que os agentes que “o rejeitarem à partida irão ter sobre os ombros uma enorme responsabilidade face aos custos sociais e humanos” (público)

documento que envolve pais jorge nos swaps foi forjado, diz governo: num comunicado recebido esta terça-feira à noite por alguns órgãos de comunicação social, o “ministério das finanças divulga o que diz ser o documento original da apresentação do citigroup e compara-o com o documento que tinha sido tornado público. a principal diferença é que no primeiro não consta o nome do actual secretário de estado do tesouro e no segundo joaquim pais jorge é identificado como um dos elementos da equipa que sugeriu ao governo sócrates, em 2015, uma operação de swap para reduzir o valor do défice público”, cita a imprensa nacional (jornal de negócios)

alemanha e frança devem cortar menos no défice: proteger o crescimento, mesmo que isso implique cortar menos o défice: esta é a premissa do fundo monetário internacional (fmi), perante os primeiros sinais positivos que a economia da zona euro começa a dar. esta terça-feira o fundo defendeu que tanto a alemanha como frança, as duas maiores economias da zona euro e as que estão menos pressionadas pelo peso da dívida pública, devem abrandar o ritmo de consolidação orçamental. a lógica é que os países que podem ter uma política mais expansionista optem por esse caminho, para compensar o esforço de consolidação que está a ser feito nas economias mais endividadas do euro, como é o caso de portugal (diário económico)

Artigo visto em
(idealista news)