Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Há uma aldeia à venda em Itália por 2,5 milhões - e o anúncio está no idealista

Propriedade conta com uma torre, um moinho, uma fonte de água natural e até uma igreja. E possuí uma história que remota ao século XIII.

Aldeia à venda em Itália
Autor: Redação

Pelos caminhos de Itália encontram-se casas à venda por um euro nas várias localidades que aderiram à iniciativa. O que não é tão comum é encontrar à venda uma pequena aldeia. Situada na zona rural Úmbria, esta propriedade conta com uma torre, um moinho, uma fonte de água natural e até uma igreja de 1700 metros quadrados (m2). Está à venda no idealista por 2,5 milhões de euros.

A propriedade está localizada em concreto, na localidade de Massa Martana (perto de Todi) e, no total, possui 4.300 m2 construídos num terreno com 300.000 m2. Como refere o anúncio, a aldeia pode ser transformada uma residência privada no campo, num retiro romântico ou até mesmo num centro de negócios longe do caos das grandes cidades. Dada a sua dimensão e características, esta propriedade pode até ser convertida numa unidade de ‘coliving’.

Aldeia à venda em Itália

Este é o lugar ideal para passar tempo livre sentindo o clima refrescante do campo ou até para passar umas férias relaxantes, aproveitando a prática de atividades em contacto com a natureza, como observação de pássaros, trekking, apanha de fruta, cultivo de jardins, passeios pedestres… São vários os serviços que poderiam ser criados nesta pequena aldeia, refere ainda o anúncio: piscina, ecolago, heliporto, jardim biológico, ténis, spa, e minigolfe são alguns exemplos.

Aldeia à venda em Itália

A aldeia tem também uma história com séculos de existência. Em 1200 fazia parte do território de um castelo que ficava no topo da colina, agora chamado Torracio. Em 1322, a aldeia tornou-se uma vila com 26 habitantes, constituída em Communitas ou Universitas de carácter agrário. A partir de 1400 fica sob comuna de Massa Martana. E em 1639 estavam registadas na aldeia apenas 13 famílias com 66 habitantes.

Aldeia à venda em Itália

A colina chamada Rottamario - incluída na propriedade da aldeia - chamava-se Griptonario. É um lugar cheio de grutas e uma delas chama-se Gruta de San Felice porque, reza a história, que o santo bispo de Massa retirou-se ali em oração no ano 300 D.C. Até ao final de 1500, este evento foi celebrado com uma solene procissão desde a igreja de San Felice até à gruta.

Aldeia à venda em Itália

Paola Berlenghini, da agência imobiliária Welcomes Service, explicou ao idealista/news que "até ao momento houve demonstrações de interesse tanto por parte de italianos (do Norte) como de estrangeiros (Europa Central), em particular para o desenvolvimento de projetos destinados a transformar a aldeia num lugar para artesãos e amantes da agricultura biológica e de culturas especiais, ou para o desenvolvimento de um centro de estudos”.

Aldeia à venda em Itália

Em concreto, a propriedade inclui 4300 m2 brutos construídos prontos para ser restaurados, não vinculados pela Superintendência, dos quais:

  • 774 m2 da Villa Padronale de 1700, que se situa no ponto mais alto da aldeia, oferecendo uma vista sobre o campo e Todi;
  • 520 m2 da Igreja original de 1700 com sacristia, campânula e com a casa do pároco anexa;
  • 295 m2 da Torre Colombaia de 1200, que está situada na base da aldeia;
  • 617 m2 do Moinho antigo de 1400, que possui pedra original do moinho com casa de moleiro adjacente.

As restantes propriedades pertencem às 19 casas típicas da aldeia e aos seus anexos. De referir ainda que nas áreas verdes da propriedade encontram-se também 500 oliveiras produtivas, 3 ciprestes e uma área de 1520 m2 com castanheiros.