Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quais são as cidades mais inteligentes do mundo?

Ranking do EasyPark avaliou a forma como as cidades estão a adotar novas tecnologias para criar um presente e futuro mais sustentável e habitável para seus cidadãos.

Quais são as cidades mais inteligentes do mundo?
Photo by David Henderson on Unsplash
Autor: Redação

Londres, no Reino Unido, é a cidade mais inteligente e preparada para o futuro, com uma população de mais de 3 milhões de pessoas, seguida pelas norte-americanas Nova Iorque e São Francisco. Em causa está um ranking elaborado pelo grupo EasyPark, com base num estudo que avaliou a forma como as cidades estão a adotar novas tecnologias para criar um presente e futuro mais sustentável e habitável para os seus cidadãos.

O grupo reconhece o impacto que as novas tecnologias têm nas sociedades e como podem ajudar a criar áreas urbanas sustentáveis ​​e com visão de futuro que melhoram a vida dos seus habitantes, e decidiu analisar o que é que as várias cidades no planeta estão a fazer nesse sentido. 

“Analisámos milhares de cidades em todo o mundo, incluindo as 3.200 nas quais o EasyPark Group opera atualmente. Reconhecemos que as cidades enfrentam os seus próprios desafios e se desenvolvem de forma diferente dependendo de uma variedade de fatores, incluindo o seu tamanho, por isso, dividimos este estudo em três categorias, com base na população de cada cidade”, lê-se no The Cities of the Future Index.

O estudo estabeleceu os fatores que determinam o quão tecnologicamente avançada e sustentável uma cidade é e classificou os locais de acordo com esses critérios, tendo sido consideradas quatro áreas principais:

  • ‘Digital Life’, avaliando a amplitude da adoção de tecnologia pela população, pelo Governo e pelo setor de saúde;
  • ‘Mobility Innovation’, analisando as soluções de estacionamento inovadoras em cada cidade, o sistema geral de gestão de tráfego, incluindo os transportes públicos, e o quão limpos são os transportes na cidade;
  • ‘Business Tech Infrastructure’, medindo o nível de inovação empresarial, a prevalência de ‘ePayments’ e a qualidade da conexão à internet em cada local;
  •  ‘Environmental Sustainability’. Cada cidade é avaliada através da análise do uso de energias verdes, o número de edifícios verdes, o sistema de gestão de resíduos e a resposta e planeamento geral face às mudanças climáticas.

Cidades mais inteligentes do mundo