Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mercadona reforça investimento em Portugal: 100 milhões para abrir 10 lojas

Sede social de Irmãdona Supermercados S.A., no Porto / Mercadona
Sede social de Irmãdona Supermercados S.A., no Porto / Mercadona
Autor: Redação

A Mercadona decidiu elevar a fasquia e investir um total de 100 milhões de euros no arranque da expansão em Portugal. A retalhista alimentar espanhola, líder destacada de mercado no país vizinho, vai avançar com a abertura de oito a dez supermercados no segundo semestre de 2019, nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

A decisão de reforçar o investimento em Portugal surge após dois anos de estudo do mercado nacional, “durante os quais a empresa se dedicou a estudar e conhecer o mercado, os consumidores e os fornecedores portugueses”, lê-se no comunicado.

Foi em junho de 2016 que Mercadona anunciou publicamente que iria abrir quatro lojas em território português – naquela que era a sua primeira internacionalização fora de Espanha, onde era dona de 1.574 supermercados na altura -, criando 200 postos de trabalho e investindo 25 milhões de euros.

Agora, o Comité de Direção da empresa de supermercados decidiu aprovar a abertura de oito a dez lojas em Portugal no próximo ano, superando o objetivo inicial de abrir quatro lojas, anunciado em 2016. O número final será depois definido em função da evolução das licenças e o avanço das obras.

“Esta nova decisão vai refletir-se, nesta primeira fase, num investimento total de 100 milhões de euros e prevê a criação de 300 postos de trabalho que, somados aos 200 já existentes, totalizam 500 colaboradores em Portugal”, acrescenta a empresa.

O presidente da empresa, Juan Roig, diz que “Portugal é uma grande oportunidade para iniciar o crescimento internacional da Mercadona”, frisando o compromisso assumido para com o projeto.

De referir ainda que a Mercadona também vai construir um centro logístico na Póvoa do Varzim, com uma área total de 50.000 metros quadrados (m2), que servirá o desenvolvimento das operações logísticas no país.