Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Negócios de escritórios em tempos de pandemia: Cofidis compra Natura Towers por 46 milhões

Venda do complexo, em Telheiras, Lisboa, ocorreu no âmbito do processo de liquidação da MSF Ativos Imobiliários.

Facebook Natura Towers
Facebook Natura Towers
Autor: Redação

Esta será, provavelmente, uma das maiores transações efetuadas no mercado de escritórios em Portugal no primeiro trimestre do ano. Ou seja, em plena pandemia de novo coronavírus. Trata-se da compra, por 46,5 milhões de euros, das Natura Towers, localizadas na zona de Telheiras, em Lisboa, que agora ficam nas mãos da multinacional francesa Cofidis, que aqui – são duas torres – instalará a sua nova sede no país.

“Para a nova sede irão cerca de 800 colaboradores”, disse fonte oficial da Cofidis, citada pelo Jornal de Negócios. “Os restantes colaboradores continuarão alocados às 18 lojas que temos no país e ilhas”, acrescentou, salientando que para já a Cofidis Portugal continuará sediada na Avenida de Berna.

Segundo a publicação, a venda do complexo Natura Towers, que tem uma área privativa superior a 12.000 metros quadrados (m2), ocorreu no âmbito do processo de liquidação da MSF Ativos Imobiliários, sociedade do universo MSF, grupo de construção que abriu falência no final de 2018.

O empreendimento imobiliário, único ativo da sociedade insolvente, que absorveu um investimento de mais de 30 milhões de euros e entrou em funcionamento há 11 anos, foi colocado à venda no final do ano passado por um valor-base de 32,5 milhões de euros, através da apresentação de propostas em carta fechada, sendo que foram recebidas cinco propostas. A oferta da Cofidis foi a superior, superando em 17,3 milhões a sua mais direta concorrente neste concurso.