Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A vida em situação de calamidade: já se pode sair de casa à vontade?

Desconfinamento é agora a palavra de ordem, mas (ainda) há cuidados a ter em conta, porque a pandemia da Covid-19 continua.

Photo by Thomas de LUZE on Unsplash
Photo by Thomas de LUZE on Unsplash
Autor: Redação

A situação de calamidade em Portugal mantem-se até às 23h59 do dia 14 de junho de 2020, sendo possível até a prorrogação ou modificação das medidas adoptadas para este período excecional e temporário, se a a situação epidémica o exigir – o Governo já revelou, entretanto, o seu plano para desconfinar a economia. E por falar em desconfinamento, impõe-se, agora, uma pergunta: posso sair de casa à vontade?

Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, tentamos ajudar-te nesta tarefa de viver o “novo normal”, para que o pós-Covid-19 não seja uma dor de cabeça.

Segundo a Deco, impõem-se duas respostas à pergunta formulada em cima:

  • Para os doentes com Covid-19 ou em vigilância ativa, até informação em contrário, o confinamento obrigatório continua em vigor. Este confinamento pode ser feito num estabelecimento de saúde, em casa ou num local definido pelas autoridades de saúde;
  • Quanto aos restantes cidadãos, não existem limitações às saídas de casa.

Portanto, a população em geral já não tem de cumprir o dever cívico de recolhimento domiciliário, mesmo os grupos de risco, tais como pessoas com mais de 70 anos ou com doenças crónicas (diabéticos, hipertensos, com problemas cardíacos, doenças respiratórias ou oncológicas) podem sair de casa.

Porém, e muito importante, se precisares de sair, deves manter a distância mínima de dois metros das outras pessoas e pôr em prática as regras estabelecidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente no que respeita ao uso de máscara e a lavagem frequente das mãos que continuam a ser essenciais no combate à propagação do vírus. 

Ficar em casa ainda é uma opção muito válida para te manteres mais resguardado. Para não te sentires “preso” ou cansado ou até com problemas de sono, sugerimos que continues a viver as rotinas caseiras de forma positiva e animada. Ficam algumas sugestões:

  • Mantem um horário regular para as refeições, exercício e outras atividades;
  • Aproveita a luz da manhã e expõe-te, pelo menos, durante 20 minutos por dia. A luz é o principal controlador do relógio natural do corpo;
  • Fazer exercício durante o dia ajuda a melhorar a qualidade do sono à noite, reduz o stresse e melhora o humor. Há exercícios que se podem fazer em casa, mas já podes sair um pouco para fazer exercício;
  • Faz trabalho de voluntariado, ajudando os outros e dando uso às tuas capacidades profissionais.

Informa-te connosco

Conta com o apoio da Deco através do número de telefone 21 371 02 00 e/ou do email decolx@deco.pt. Podes também marcar atendimento via skype. Segue-nos nas páginas do Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Linkedin.