Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Eleições

Últimas notícias sobre "Eleições" publicadas em idealista.pt/news

Novo Governo tem o mesmo ministro da Habitação - as escolhas de Costa que tocam no imobiliário

O novo Governo liderado por António Costa vai integrar 19 ministros, mais dois que o anterior Executivo, sendo o maior em ministérios dos 21 Governos Constitucionais. Pedro Nuno Santos mantém-se como ministro das Infraestruturas e da Habitação.

Notícia sobre:

Costa vence eleições, com PS mais forte, mas a precisar da 'geringonça' - imobiliário segue em linha

As eleições legislativas deste domingo, dia 06 de outubro de 2019, ficam marcadas por uma abstenção recorde (45,5%) e trazem o Parlamento mais polarizado de sempre, na história da democracia nacional. O Partido Socialista (PS) saiu vencedor (36,65%), e mais forte (socialistas passam a deter mais mandatos do que PSD e CDS juntos), mas longe da maioria absoluta continua a necessitar de parceiros para governar. António Costa quer, por isso, renovar a chamada geringonça. Para a área do imobiliário e habitação é esperada uma linha de continuidade, da política dos últimos quatro anos. 

Notícia sobre:

Eleições neste domingo: o que defendem os partidos para a habitação e imobiliário

O imobiliário, em momento de forte dinamismo, marcou positivamente a trajetória do país nesta legislatura - comandada pelo PS, com o apoio parlamentar da esquerda - pelo impacto económico e financeiro que tem vindo a ter. Ao longo destes quatro anos de "geringonça" agudizou-se, em contrapartida, uma crise habitacional que continua por resolver. O que esperar do próximo ciclo que se avizinha?

Notícia sobre:

Quanto custa a campanha das legislativas de 2019? PS é o partido que vai gastar mais

Falta menos de um mês para as eleições legislativas de 2019, que se realizam a 6 de outubro. Até lá, os partidos vão tentar captar o máximo de eleitores possível, devendo gastar, no total, 8,1 milhões de euros nas respetivas campanhas, menos 8% que há quatro anos.

Notícia sobre:

Marcelo marca eleições para 6 de outubro (e Centeno desiste do FMI)

Agosto arrancou com duas notícias relevantes para a política nacional. No primeiro dia do mês ficou a saber-se que Marcelo Rebelo de Sousa confirmou, oficialmente, a data das próximas eleições legislativas - no dia 6 de outubro de 2019 - e Mário Centeno comunicou que, de momento, vai afastar-se da corrida à liderança do FMI - Fundo Monetário Internacional.

Notícia sobre:

Eleições europeias: PS vence e ganha maior “fôlego” para as legislativas de outubro

O PS venceu as eleições europeias e o PSD teve uma derrota pesada. O BE assumiu-se como terceira força política e o CDS teve o pior resultado de sempre em eleições ao Parlamento Europeu, que podem servir de barómetro para as eleições legislativas de outubro.

Notícia sobre:
Pedro Sánchez a celebrar a vitória na sede do PSOE / Gtres
Pedro Sánchez a celebrar a vitória na sede do PSOE / Gtres

PSOE ganhou eleições em Espanha: as medidas para a habitação do futuro governo de Sánchez 

Os socialistas ganharam este domingo as eleições gerais em Espanha, mas sem maioria absoluta. Pedro Sánchez precisa assim do apoio de outros partidos para governar. As medidas do PSOE, Unidas Podemos e Ciudados para a habitação são estas...

Notícia sobre:

Novo presidente do Brasil faz disparar bolsa de São Paulo para máximos históricos

A vitória de Jair Bolsonaro para Presidente do Brasil nas nas eleições do domingo passado fez a bolsa disparar. O Bovespa, principal índice da bolsa de São Paulo (Brasil), abriu a sessão de ontem (29 de outubro de 2018) em forte alta, com os investidores a dar sinais de terem gostado dos resultados e da mensagem do novo chefe de Estado brasileiro.

Notícia sobre:

Bolsonaro Presidente do Brasil: quem é e como vai afetar a economia

O candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro (pelo Partido Social Liberal/PSL) foi eleito Presidente da República Federativa do Brasil, obtendo, na segunda volta das presidenciais, 55,1% dos votos, contra 44,9% de Fernando Haddad (Partido dos Trabalhadores/PT, de esquerda). Bolsonaro é o 38º presidente do país e sucede a Michel Temer, tomando posse a 1 de janeiro. 

Notícia sobre: