Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mulher vs homens

Últimas notícias sobre "Mulher vs homens" publicadas em idealista.pt/news

Atenção empresas: há mais mulheres a trabalhar na UE, mas ainda são menos que os homens

Em 2018, a taxa de emprego das mulheres aumentou, na média da União Europeia (UE), para 67%, mas continua abaixo da dos homens (78%). Uma diferença, portanto, de 11%. Em Portugal, a diferença é menor: 72% contra 79%. Em causa estão dados publicados esta sexta-feira (6 de março de 2020) pelo Eurostat. 

Notícia sobre:

Portugal na cauda da Europa: só há 16,2% de mulheres em cargos de direção nas empresas

Os dados remontam a dezembro de 2019 mas são esclarecedores. Em Portugal, apenas 16,2% de mulheres ocupam cargos de direção nas empresas. Bem menos, por exemplo, que em França (43,4%), Itália (34%) e Espanha (22%). Em causa estão dados que constam no Relatório Mundial sobre a Desigualdade de Género de 2020, realizado pelo Fórum Económico Mundial.

Notícia sobre:

Quem são as mulheres mais ricas do planeta?

Entre as 100 pessoas com maior património do planeta, há 89 homens e apenas 11 mulheres, segundo a revista Forbes. A mais rica de todas é a francesa Françoise Bettencuort, líder da L'Oreal.

Notícia sobre:
Gtres

Atenção empresas e trabalhadores: novas medidas obrigatórias para a igualdade remuneratória

No passado dia 21 de agosto foi publicada a Lei n.º 60/2018 (“Lei”), que entrará em vigor a partir de 21 de fevereiro de 2019, e que visa reforçar a promoção da igualdade remuneratória através de uma maior garantia de transparência da política salarial das empresas, com base em critérios objetivos e comuns a homens e mulheres.

Notícia sobre:

Quem anuncia mais imóveis online, homens ou mulheres?

A responsabilidade de vender ou arrendar um imóvel é uma tarefa que está a cargo sobretudo dos homens. Os números constam de um estudo realizado pelo idealista e são esclarecedores: 39,5% dos anúncios de particulares – não profissionais – publicados no site são submetidos por mulheres, ou seja, dois em cada cinco anúncios imobiliários.

Notícia sobre:
  •  
  •