Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prestação da casa aumenta em março

Mensalidade sobe nos contratos indexados à Euribor a três e seis meses.
Autor: Redação

Má notícia para quem pediu dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. Isto porque muitas famílias que revêm a taxa de juros dos seus crédito à habitação em março vão sofrer um acréscimo na prestação. Trata-se, no entanto, de um agravamento ligeiro.

Segundo as contas do Diário Económico, a mensalidade vai subir um pouco (menos de 1%) nos contratos associados às taxa Euribor a três e seis meses, que representam cerca de 90% dos contratos de crédito à habitação.

No caso dos contratos indexados à Euribor mais curta, a prestação irá subir 0,9% em março, cerca de 3,05 euros (para 335,04 euros), isto tendo em conta um empréstimo de 100 mil euros a 30 anos e com um spread de 1%. Já nos créditos indexados à Euribor a seis meses, e mediante o mesmo cenário, a mensalidade terá um agravamento de 0,6%: aumenta 2,13 euros, para 339,72 euros.

Para os créditos associados às Euribor mais longa, 12 meses, está previsto um corte na prestação, que rondará os dois euros (-0,6%), para 347,48 euros – tendo por base o empréstimo referido em cima.